Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Diogo Dalot vai ser jogador do Manchester United na próxima temporada, de acordo com a imprensa desportiva desta quarta-feira. O defesa direito de 19 anos vai trocar o FC Porto pela equipa de José Mourinho a troco de, pelo menos, 2o milhões de euros — o valor da cláusula de rescisão. Este valor podia ser acionado a partir de 1 de julho, mas A Bola O Jogo dizem que a transferência ficará acima dos 20 milhões. A Bola avança mesmo a quantia que deverá ser paga pelo Manchester United: 24 milhões de euros.

Diogo Dalot tinha um contrato válido até junho de 2019 e uma fonte do FC Porto revelou a O Jogo que o clube tentou assegurar a renovação durante toda a época, mas o empresário do jogador, Carlos Gonçalves, foi adiando a negócio. No final da temporada, numa reunião agendada com o FC Porto, o empresário e o pai de Dalot comunicaram que o jogador tinha já acertado a saída para outro clube. De acordo com uma fonte ligada ao clube, o FC Porto aceitou a saída imediata por 20 milhões de euros já que o pai de Diogo Dalot, advogado, garantiu que o lateral direito tinha propostas para sair na próxima temporada a custo zero para a Juventus ou o Bayern Munique.

A mesma fonte revelou que se o FC Porto tivesse sabido mais cedo que Diogo Dalot não iria prolongar o contrato, não teria vendido o outro defesa direito, Ricardo Pereira, ao Leicester. Agora o clube terá que procurar, pelo menos, um defesa direito, uma vez que Maxi Pereira é o único do plantel e também ainda não acertou a renovação do contrato, que termina este verão.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR