Tailândia

Médico e mergulhador: quem é o australiano envolvido no resgate na Tailândia?

9.190

Tem 30 anos de experiência em mergulho em grutas em todo o mundo, é anestesista e fotografa. Richard Harris foi quem deu luz verde para o início das operações de resgate dos jovens na Tailândia.

Richard Harris/Facebook

No resgate dos 12 rapazes tailandeses e um adulto de uma caverna em Chiang Rai, na Tailândia, há um médico australiano que tem assumido um papel essencial na operação que esta segunda-feira já conseguiu a saída de mais quatro crianças da caverna. Richard Harris tem 30 anos de experiência em mergulho e foi requisitado especificamente pelos especialistas internacionais presentes na missão. Estava de férias quando foi contactado para a operação.

Foi este anestesista de Adelaide, na Austrália, que mergulhou até aos jovens e treinador no sábado e determinou que estavam aptos em termos de saúde para seguirem em frente na jornada perigosa para sair das cavernas inundadas. A sua especialidade é procurada para este resgate, segundo a ministra dos Negócios Estrangeiros, Julie Bishop, citada pelo TheNewDaily.

O médico trabalhou nos últimos seis anos para a MedStar, um serviço de apoio médico na Austrália. Segundo David Strike, que conhece Harris há mais de dez anos, o seu conhecimento e experiência na área é essencial, ainda que o médico seja “apenas um membro de uma equipa de pessoas extraordinariamente qualificadas e extraordinárias, preparadas para sacrificar seu próprio conforto, segurança e bem-estar em benefício dos outros. É um termo muito usado, mas todos os envolvidos são verdadeiros heróis ”, disse à Fairfax.

Desde a China à Nova Zelândia, Richard Harris completou mergulhos em todo o mundo e enfrentou situações complexas de resgate. Uma delas, contou ao The Astralian, foi quando teve de recuperar o corpo de uma amiga durante uma operação de resgate na Austrália, em 2011. A mergulhadora Agnes Milowka ficou sem ar numa caverna em Millicent, perto de Mount Gambier, e não conseguiu sair de lá. “Parecia que ela estava muito calma até o último suspiro, enquanto trabalhava para se libertar”, disse Harris.

“É preciso ter muita atenção aos detalhes e ser meticuloso”

O resgate que desde domingo decorre na Tailândia é uma tarefa complexa: os mergulhadores, as crianças e o treinador têm de mergulhar, nadar e escalar o caminho até chegarem ao exterior. Todo este percurso é feito num túnel escuro e pequeno, onde os adultos mal conseguem passar.

Harris integra um grupo de 90 mergulhadores responsáveis pela operação. 50 são estrangeiros e 40 são tailandeses. Bill Griggs, antigo chefe da equipa de resgate da MedSTAR, disse à ABC Radio Adelaide que “para fazer mergulho em cavernas é preciso ter muita atenção aos detalhes e ser meticuloso”, daí Harris ser perfeito para a tarefa, além de “a experiência médica ser um bónus importante”.

O médico australiano chegou a integrar a equipa responsável pela resposta médica nos atentados de Bali, em 2002, que causaram 202 mortos. “Ele fez muitas coisas com mergulho em cavernas ao longo de muitos anos e é conhecido por estar incluído num grupo restrito de pessoas que têm esse alto nível de especialização”, acrescentou Griggs.

Além de médico e mergulhador, Richard Harris é também fotógrafo subaquático e tem aproveitado a tecnologia para explorar e fotografar as cavernas australianas e o seu exterior.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)