Estivadores

Operadores do Porto de Lisboa cancelam acordo com Sindicato dos Estivadores

A Associação dos Operadores do Porto de Lisboa declarou sem efeito o acordo feito com o Sindicato dos Estivadores devido à greve marcada para o final do mês, que penalizará o porto da capital.

Tiago Petinga/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

A Associação dos Operadores do Porto de Lisboa declarou esta quarta-feira sem efeito o acordo feito com o Sindicato dos Estivadores devido à greve marcada para o final do mês, que penalizará o porto da capital.

Em comunicado, a Associação de Operadores do Porto de Lisboa acusa de “desrespeito” o Sindicato Nacional dos Estivadores por ter marcado uma greve para 27 julho para a maioria dos portos nacionais, depois do acordo alcançado no final de junho, que inclui aumentos salariais.

Para a convocação desta greve, o sindicato apresenta motivos que não envolvem o Porto de Lisboa, não deixando, contudo, de o penalizar diretamente com a greve”, refere a Associação dos Operadores do Porto de Lisboa (AOPL).

Em 28 de junho, a Associação dos Operadores do Porto de Lisboa e o Sindicato dos Estivadores chegaram a um pré-acordo de atualização salarial, que prevê a atualização de todas as cláusulas pecuniárias em 4%, com retroatividade em 01 de janeiro de 2018, e uma atualização adicional de 1,5% a partir de janeiro de 2019.

Com este acordo, entretanto já ratificado por estes trabalhadores do Porto de Lisboa em plenário, os estivadores cancelaram três semanas de greve ao trabalho suplementar.

A direção da AOPL considera “incompreensível que um acordo importante para todos seja quebrado pelo sindicato duas semanas depois de ter sido aprovado”.

Os operadores dizem que por considerarem que “a paz social é importante para garantir o sucesso do Porto de Lisboa” é que fizeram um “esforço financeiro” para fazer o acordo de junho e evitar três semanas de greve, pelo que a “atitude de marcar uma greve de 24 horas para dia 27 de julho mostra um total desrespeito pelo acordo alcançado, desvalorizando o esforço de todos os que trabalharam para o atingir”.

A denúncia do acordo foi comunicada esta quarta-feira por carta ao Sindicato dos Estivadores, diz a AOPL.

Os Estivadores convocaram uma greve de 24 horas a partir das 08:00 de 27 julho nos portos de Lisboa, Setúbal, Sines, Figueira da Foz, Leixões, Caniçal, Ponta Delgada e Praia da Vitória, até às 08:00 de 28 de julho, contra “a crescente proliferação de práticas anti-sindicais nos diversos portos portugueses, revestindo-se estas de extrema gravidade no porto de Leixões, permanecendo ainda graves no porto do Caniçal”.

Aquele sindicato, de âmbito nacional, em comunicado divulgado, acusa as empresas portuárias dos portos abrangidos pela greve de comportamentos que configuram diferentes tipos de “assédio moral, desde perseguição a coação, desde suborno à discriminação, desde as ameaças de despedimento à chantagem salarial”, e que visam colocar uns trabalhadores contra outros e evitar a sua sindicalização.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Economia

Produtividade: a culpa é da mão de obra?

Fernando Pinto Santos

De quem é a culpa da baixa produtividade do trabalho em Portugal? Da mão de obra? Sim, mas é só um dos fatores. Falta também maior eficiência dos fatores produtivos e maior capacidade para criar valor

Ensino Superior

Bolonha, 20 anos depois

José Ferreira Gomes

Temos um falso sistema de dois ciclos de licenciatura e mestrado porque se está a generalizar a prática de admitir a mestrado estudantes que não concluíram a licenciatura. Estranho? Não em Portugal!

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)