Liga Europa

Goleadas, confirmações, surpresas e jogos que quase o foram – a primeira jornada da Liga Europa

Arsenal e Chelsea confirmaram as expetativas, Fenerbahçe e Anderlecht viraram as contas do avesso e duelo energético terminou com triunfo austríaco. No Luxemburgo, Higuain salvou o Milan da desilusão.

Higuain salvou o AC Milan de entrar na Liga Europa com o pé esquerdo em casa do estreante Dudelange

AFP/Getty Images

Foi uma primeira jornada da Liga Europa animada, com goleadas, confirmações, surpresas e resultados que por pouco não surpreenderam. Para além do triunfo do Sporting sobre o Qarabag por 2-0 a contar para o grupo E, também o Arsenal cumpriu com a sua missão e venceu os ucranianos do Vorskla Poltava por 4-2, com Aubameyang em destaque, ao apontar dois golos. Welbeck e Ozil fizeram os restantes dos gunners, com Volodymyr Chesnakov e Sharpar a reduzirem para os visitantes.

A outra formação inglesa em prova, o Chelsea, também levou a melhor sobre o PAOK, conjunto eliminado pelo Benfica no playoff de acesso à Liga dos Campeões e que acabou por cair para a Liga Europa, onde perdeu por 1-0 com os blues. Um golo de Willian, aos sete minutos, deu o triunfo ao Chelsea no grupo L, onde, no outro encontro, o Bate Borisov venceu o Videoton por 2-0.

Já no grupo D, houve dois jogos e igual número de surpresas: o Fenerbahçe, outra formação eliminada pelo Benfica da Liga dos Campeões, viajou até Zagreb para protagonizar o resultado mais surpreendente da noite ao perder por 4-1 com o Dínamo local. Mas, o outro favorito do grupo, o Anderlecht, não fez melhor do que os turcos e deslocou-se até à Eslováquia para ser derrotado pelo Spartak Trnava por 1-0, deixando assim as contas da tabela classificativa viradas do avesso.

Enquanto no grupo G o Villarreal apadrinhou o regresso do histórico Rangers às competições europeias, oito anos após a última presença, com um empate a duas bolas e o Rapid Viena derrotou o Spartak Moscovo por 2-0, no grupo J o Sevilla goleou o Standard Liège e, no grupo B, no duelo energético entre equipas da família Red Bull, Leipzig e Salzburgo proporcionaram um bom espetáculo de futebol, com a vitória a sorrir aos forasteiros, por 3-2.

Quem também surpreendeu, mas pela negativa, foram os conjuntos franceses do Marselha e do Bordéus: os primeiros foram derrotados em casa pelo Frankfurt (2-1), em encontro do grupo H, enquanto os segundos viajaram até Praga para de lá saírem com uma derrota por 1-0 imposta pelo Slavia. E o AC Milan só não desiludiu no Luxemburgo frente ao estreante europeu Dudelange porque Higuain apareceu ao minuto 59 para apontar o golo isolado com que os italianos venceram, no grupo F.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: flima@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)