O bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus e dono a TV Record, usou as redes sociais para expressar o seu apoio a Jair Bolsonaro, candidato presidencial de extrema direita às eleições no Brasil, marcadas para o próximo dia 7 de outubro.

A afirmação surgiu na sequência da pergunta de um seguidor na rede social Facebook. “Queremos saber, bispo, do seu posicionamento sobre a eleição para presidente”, questionou Antonio Matos. A resposta de Macedo foi lacónica: “Bolsonaro”.

Em resposta, o seguidor afirmou concordar “plenamente”. “Esta eleição não é apenas uma luta política. Avançamos atacando o mal todo o dia e ele está revoltado contra todo o nosso povo. Seria interessante se o senhor e toda a cúpula da igreja viessem a público para exteriorizar esse pensamento. Eu sou a Universal e também estou com Bolsonaro só que muitos dos nossos membros ainda estão indecisos e uma palavra sua ajudaria muita gente a decidir-se”, comentou.

Bolsonaro, o militar que começou como piada e acabou como Presidente

A possibilidade de Edir Macedo apoiar a candidatura de Bolsonaro, nomeadamente através da gravação de um vídeo, já tinha sido falada na imprensa brasileira. O vídeo não chegou, mas chegou agora o apoio expresso do líder religioso ao candidato do Partido Social Liberal.

Também o PRB, partido ligado à Igreja Universal, já tinha manifestado internamente a escolha do candidato do PSL numa eventual (e provável, segundo as sondagens) segunda volta — já que, na primeira, se juntou a Geraldo Alckmin.

Eleições no Brasil. Sondagem indica empate técnico entre Bolsonaro e Haddad