Nos últimos anos, a Renault conseguiu brindar-nos com concept cars tão apelativos esteticamente que oxalá passassem à produção. Foi o caso do DeZir ou do TreZor, ambos eléctricos. Tal, aliás, como o EZ-Ultimo, que é também autónomo e conectado. Só que este último não nos consegue convencer, mais parecendo que aos designers da marca gaulesa foi pedido para desenharem… qualquer coisa com rodas. E com um aspecto tão futurista que nos leva a temer o que o amanhã nos reserva.

Sucede que EZ-Ultimo mostra qual a visão da Renault no que toca ao futuro da mobilidade urbana partilhada, vindo fechar uma trilogia que a marca iniciou com o EZ-Go e a que deu continuidade com o EZ-Pro, apresentado no Salão de Hanôver. Com este Ultimo, o construtor gaulês pretende colocar a propulsão eléctrica e as suas tecnologias de condução autónoma e de conectividade ao serviço de agências de viagens ou resorts, daqueles mais de topo, que querem oferecer aos seus clientes uma experiência turística premium. Ou seja, é assim que a Renault planeia mandar passear os turistas.

13 fotos

Ainda estamos a falar de um concept – e todos sabemos que estes exercícios estilísticos servem para testar a aceitação do público -, mas, de acordo, com a marca do losango, a intenção passaria por colocar o EZ-Ultimo ao serviço do turismo e da hotelaria. Para fazer uma excursão, um tour pela cidade ou, simplesmente, para ser reservado por um dia ou à hora.