Kazuo “Kaz” Hirai, presidente do conselho de administração da Sony, vai reformar-se, anunciou a empresa em comunicado. O antigo presidente executivo da tecnológica japonesa sai da Sony após 35 anos, onde teve papéis cruciais no lançamento de alguns dos principais produtos, como a PlayStation ou novas lentes para máquinas fotográficas.

Hirai foi presidente executivo e do conselho de administração da Sony entre 2012 e 2018, tendo entrado na empresa numa altura em que esta enfrentava perdas de vários milhares de milhões de euros. Depois de, em 2017, a Sony voltar a ter ganhos avultados — 6,7 mil milhões de dólares (cerca de 6 mil milhões de euros) –, Hirai passou a desempenhar apenas o cargo de presidente da empresa.

“Desde que passei o testemunho ao presidente executivo Yoshida-san em abril, como presidente do conselho de administração da Sony, tive a oportunidade de garantir uma transição suave e dando apoio à gestão da Sony”, afirmou Hirai em comunicado. O antigo executivo disse ainda que está “confiante que toda a gente na Sony está completamente alinhada sob a direção de Yoshida”. Hirai agradece ainda a todos os “funcionários e acionistas” que o ajudaram “ao longo da caminhada”.

O atual presidente da Sony vai deixar o cargo a 18 de junho, informa ainda a empresa. Hirai vai continuar a atuar como “conselheiro especial” da empresa depois de sair.