Rádio Observador

Juventus

Treinador e presidente da Juventus recomendam prudência na utilização de Ronaldo

"Sabemos que temos 25 jogadores de qualidade, mas é claro que ter Cristiano Ronaldo, o melhor jogador do mundo, dá-nos mais garantias", referiu o técnico da Juventus, Massimiliano Allegri.

JOSE SENA GOULAO/EPA

Autor
  • Agência Lusa

O treinador e o presidente da Juventus defenderam esta sexta-feira uma utilização prudente do futebolista internacional português Cristiano Ronaldo depois da pausa dos campeonatos nacionais, na qual o avançado se lesionou ao serviço da seleção portuguesa.

“Precisamos de cautela porque estamos numa fase difícil. [Cristiano] Ronaldo está melhor, mas vai regressar à competição quando estiver a 100% e sem perigo de recaída. É melhor perder um jogo do que estar de fora dois meses”, vincou o técnico Massimiliano Allegri, na conferência de imprensa de antevisão ao duelo caseiro do líder do campeonato italiano com o Empoli, no sábado, para a 29.ª jornada.

Cristiano Ronaldo esteve entre os ausentes do treino de quinta-feira do heptacampeão transalpino, depois de ter sido substituído aos 30 minutos do empate a uma bola com a Sérvia, na segunda jornada da qualificação para o Euro2020, no Estádio da Luz, em Lisboa. O capitão da seleção portuguesa manifestou queixas na coxa direita quando tentava alcançar um passe de um companheiro de equipa e está em dúvida para os próximos compromissos do clube italiano, o que levou o presidente da Juventus, Andrea Agnelli, a sugerir uma eventual ausência de Ronaldo na primeira mão dos quartos de final da Liga dos Campeões, frente ao Ajax.

“Temos de ser cautelosos com as lesões musculares. Por causa de um jogo, arriscamos comprometer o final da época e nesta altura importa salvaguardar os dois meses e meio que restam. Sabemos que temos 25 jogadores de qualidade, mas é claro que ter Cristiano Ronaldo, o melhor jogador do mundo, dá-nos mais garantias”, observou o líder da “vecchia signora”, na qual também alinha o defesa internacional português João Cancelo.

A Juventus lidera o campeonato italiano, com 75 pontos, mais 15 do que o Nápoles, segundo classificado, e medirá forças com o Empoli, Cagliari e AC Milan antes da eliminatória da ‘Champions’ com o vice-campeão holandês, que integra o guarda-redes português Bruno Varela, emprestado pelo Benfica.

A primeira mão será jogada em 10 de abril, em Amesterdão, uma semana antes do segundo encontro, marcado para Turim.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)