Miguel Barbosa (Skoda Fabia R5) dominou esta sexta-feira o primeiro dia do Rali de Mortágua, terceira prova do Campeonato Nacional de ralis de 2019, vencendo as duas classificativas do dia, as citadinas de Águeda e Mortágua.

Águeda recebeu o arranque da prova, tal como na edição do ano passado, com duas passagens pelos 2,59 quilómetros da street stage, na qual Miguel Barbosa foi o mais rápido, repetindo o triunfo na super especial de Mortágua (2,06), e parte no sábado com 1,8 segundos de vantagem sobre José Pedro Fontes (Citroen C3 R5) e 3,8 segundos sobre Ricardo Teodósio (Skoda Fabia R5).

O campeão nacional em título, Armindo Araújo (Hyundai i20 R5), terminou o dia no quarto lugar, a 7,7 segundos de Miguel Barbosa, com António Dias (Skoda Fabia R5) a fechar o top cinco, já a 10,2 segundos da frente.

Após esta curta passagem pelo asfalto, o Rali de Mortágua segue no sábado para o piso de terra das florestais de Mortágua, no distrito de Viseu.

A secção da manhã tem quatro classificativas, com a passagem dos pilotos por Mortágua – Moitinhal (6,55 km), Mortágua – Chão de Calvos (5,66 km), Sobral – Tojeira (18 km)e Felgueira (16,92 km).

Durante a tarde, os pilotos repetem a secção da manhã e têm ainda uma terceira passagem por Moitinhal e Chão de Calvos.

O açoriano Ricardo Moura, líder do Campeonato Nacional, e Bruno Magalhães, terceiro classificado, são duas ausências de peso em Mortágua.