Rádio Observador

Liga de Futebol

Marcel Keizer quer manter Bas Dost e espera “bom jogo” com o Sporting de Braga

O treinador reiterou a vontade de manter o avançado holandês Bas Dost no plantel para esta época, apesar das constantes notícias de uma saída do futebolista do clube de Alvalade.

MARIO CRUZ/EPA

O treinador do Sporting, Marcel Keizer, reiterou este sábado a sua vontade de manter o avançado holandês Bas Dost no plantel para esta época, apesar das constantes notícias de uma saída do futebolista do clube de Alvalade.

Na conferência de imprensa realizada na Academia de Alcochete para o lançamento do jogo com o Sporting de Braga, da segunda jornada da Liga, o técnico holandês viu o compatriota centrar as maiores atenções e disse que, pela sua vontade, encerrava de imediato a janela do mercado de transferências para acabar com especulações sobre o futuro dos jogadores.

“Bas Dost treinou-se toda a semana, está aqui e vamos ver o que acontece durante estes dias. Não queremos perder os nossos jogadores, mas a janela do mercado está aberta e temos de esperar”, afirmou, sublinhando: “Preferia fechar já a janela do mercado. Precisamos de todos os jogadores que temos, mas nem sempre é assim. Temos de esperar para ver.”

Depois do empate (1-1) na ronda inaugural da I Liga de futebol, diante do Marítimo, Marcel Keizer vincou a determinação de somar o primeiro triunfo na prova e mostrou-se indiferente a algumas dúvidas sobre a sua própria continuidade, em virtude de não ter vencido ainda um jogo oficial em 2019/20.

“Só penso no jogo de amanhã [domingo] e em vencer. Não penso nos ‘ses’, o que está na minha mente é sempre positivo, como a ideia de tornar a equipa melhor. Espero um bom jogo da minha equipa”, frisou.

Sobre o Sporting de Braga, agora treinado por Ricardo Sá Pinto, o treinador holandês acentuou as diferenças para o conjunto anteriormente orientado por Abel Ferreira, realçando a capacidade de transformação da formação minhota. Paralelamente, negou qualquer “vantagem” física sobre os ‘arsenalistas’ devido ao encontro do Braga para a pré-eliminatória de acesso à Liga Europa frente ao Brondby, na quinta-feira.

“Têm um novo treinador e um estilo de jogo diferente em relação ao ano passado. Estão muito bem e o crédito vai para o treinador, está a jogar com um sistema diferente e a ter bons resultados, mas também boas exibições, têm muita dinâmica no meio-campo. São uma boa formação e a nossa equipa também é boa, por isso espero um bom jogo”, disse.

Com seis golos sofridos e apenas um marcado em dois jogos, Marcel Keizer manifestou a expectativa de conseguir recuperar o equilíbrio da equipa. O treinador holandês assumiu existirem diferenças para a forma de jogar da época transata, mas garantiu que as melhorias vão chegar assim que a equipa elevar o seu equilíbrio.

“Quando vim era uma equipa diferente. Tínhamos alguns problemas com o equilíbrio da equipa. É uma afinação que estamos a fazer, não é que os jogadores não saibam jogar. Alguns jogadores chegaram mais tarde e essa afinação pode levar mais tempo, mas precisamos de equilíbrio”, rematou.

O desafio da segunda jornada da I Liga de futebol entre o Sporting e o Sporting de Braga está marcado para este domingo, às 21h00, no Estádio José Alvalade.

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)