Steven Gerrard, treinador dos escoceses do Rangers, considerou esta quarta-feira que o FC Porto “é a equipa com mais pressão” para terminar em primeiro lugar no grupo G da Liga Europa de futebol.

O treinador inglês, que na quarta-feira fez antecipação do duelo entre os dois conjuntos, na quinta-feira, no estádio do Dragão, perspetiva, ainda assim, uma luta renhida entre as quatro equipas para garantir a passagem à próxima fase da competição.

“São quatro equipas fantásticas, com reputação europeia, e sempre previ que o FC Porto fosse o mais forte, o favorito, e com maior pressão. Mas no futebol tudo pode acontecer. Neste grupo todas as equipas estão muito niveladas. Qualquer uma pode ganhar o grupo, depende de quem será mais consistente”, disse Steven Gerrard.

O treinador do Rangers falou num FC Porto “com bons jogadores”, mas também num clube “que gasta muito dinheiro para fazer equipas fantásticas para competir nas competições europeias”, antecipando, por isso, dificuldades para os seus pupilos neste duelo. “Estou à espera que a minha equipa entre forte e ultrapasse os problemas que o FC Porto nos irá causar. Se jogarmos bem, no nosso máximo, e tivermos uma boa prestação individual, podemos ter um bom resultado”, disse Gerrard.

O treinador garantiu que o deslize da ronda anterior, frente aos suíços do Young Boys (derrota por 2-1), foi analisado e superado. “Neste nível, é muito importante manter o foco. Se perdemos a concentração o castigo acaba por aparecer. Penso que os jogadores apreenderam a lição desse último jogo”, disse Steven Gerrard.

A opinião foi partilhada Ryan Jack, médio da equipa escocesa que também fez a antevisão do embate com os ‘dragões”. “O jogo com o Young Boys foi complicado, mas tirámos as ilações do que correu mal e acredito que neste desafio temos uma oportunidade para corrigir essa imagem”, disse o jogador.

Num grupo em que todas as equipas têm três pontos, o Glasgow Rangers defronta na quinta-feira o FC Porto, em partida agendada para as 17:55, com arbitragem de Nikola Dabanovic, de Montenegro.