Durante a revelação mundial da Cybertruck da Tesla, Elon Musk comparou a sua nova pick-up eléctrica com dois modelos que sabia que podia derrotar. E mostrou-o em vídeo.

Uma das vítimas foi o Porsche 911 Carrera 4S, o mais possante da nova geração do modelo, que o CEO da Tesla mostrou ser batido no arranque. Como aliás seria de esperar pelos valores anunciados de 0-60 milhas por hora, ou seja, de 0-97 km/h, em que a pick-up anuncia 2,9 segundos e o 911 apenas 3,2. Depois veio a Ford, a que a Tesla escolheu para um comparativo sobre a capacidade de reboque, baseando-se na F-150, de longe o modelo mais popular deste tipo no mercado americano, onde é também o mais vendido, independentemente do tipo de veículo.

Afirmou Musk que uma vez atrelada a F-150 à Cybertruck, a pick-up da Tesla puxou o modelo da Ford contra a sua vontade, tanto mais que as rodas patinavam em sentido contrário. Ora sucede que a Ford não gostou, como aliás seria de esperar. Tão pouco apreciou que o exemplo de uma porta que era possível amassar à martelada, ao contrário das portas da Cybertruck, se parecesse com uma da Ford, nem da conclusão de Musk que, depois da demonstração, perguntou aos presentes se queriam “uma truck mesmo robusta ou só a fingir?”

Face a estas provocações, a Ford resolveu responder. “Com a pick-up mais vendida no mercado americano nos últimos 42 anos, sempre nos concentrámos em servir os nossos clientes, independentemente do que os outros dizem ou fazem”, reagiu  o construtor norte-americano em declarações citadas pelo Business Insider. De seguida concluiu, levantando uma ponta do véu sobre o futuro: “Aguardamos o lançamento no próximo ano da F-150 híbrida e a F-150 100% eléctrica dentro de uns anos”.

2 fotos

Enquanto isto, a Nikola, que continua a desenvolver os seus camiões eléctricos, alimentados a bateria ou a hidrogénio, resolveu participar na brincadeira. Após a Tesla revelar a sua pick-up e surfando a onda do tom crítico em relação à estética da Cybertruck, o CEO da Nikola Motors, Trevor Milton, enviou um tweet ao seu colega Elon Musk, oferecendo-lhe uns desenhos de uma pick-up que, segundo ele deixa antever, teria maior sucesso comercial. “Olá Elon Musk, nós não construímos automóveis nem pick-up, mas tenho todo o prazer de doar este desenho de uma pick-up se a tua equipa pretender cativar um mercado mais alargado. A minha equipa desenhou-a, não fosse vir a ser necessária, mas eu não me importo que vocês a construam, uma vez que a nós não nos interessa. Diz-me qualquer coisa e depois falamos”, escreveu Trevor Milton.

6 fotos

A reacção de Musk ainda não é conhecida. Mas é pena que a Nikola, que já concebeu um ATV de lazer, um pequeno veículo militar baseado no mesmo ATV e até uma moto de água, todos eles a bateria, não decida avançar com a sua pick-up. A avaliar pela estética, poderia ter futuro.