A Talkdesk, empresa de software na nuvem para centros de contacto, criou um programa para introduzir 20 novos produtos no mercado nas primeiras 20 semanas deste ano. O projeto “Talkdesk 20-in-20” centra-se no setor da experiência do consumidor e vai ter produtos nas vertentes da colaboração, autoatendimento do cliente, personalização, transformação digital, envolvimento dos colaboradores e comunicação.

Para a responsável de produto da Talkdesk, “o mercado precisa desesperadamente de uma alternativa às soluções fragmentadas disponíveis atualmente no âmbito da experiência do utilizador”. Charanya Kannan acrescenta, citada em comunicado, que o Talkdesk 20-in-20 vem “dar um empurrão, introduzindo novos produtos que visam endereçar este dilema através de uma solução completa que estabelece um novo padrão para o setor dos contact centers“.

Este projeto, anunciado esta quarta-feira em comunicado, vai arrancar com o lançamento do Agente Virtual, um assistente de conversação por voz que utiliza inteligência artificial para permitir que as empresas atendam os seus clientes pelo canal de voz, mesmo fora do horário de expediente.

“Recorrendo a inteligência artificial, analisa as intenções do cliente e, de acordo com o tema, o tom e o sentimento que extrai da interação, interage conversacionalmente, como se de um agente humano se tratasse”, explica a startup na nota enviada.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O anúncio destes 20 novos produtos vai culminar na Opentalk 2020, um evento anual da Talkdesk dedicado à experiência do consumidor, que se realiza a 22 e 23 de abril em São Francisco, onde a empresa portuguesa tem a sua sede.

Fundada em 2011 por Tiago Paiva e Cristina Fonseca, a Talkdesk é o terceiro unicórnio português (empresas que valem mais de mil milhões de dólares). A startup nasceu com a promessa de montar um call center em apenas cinco minutos e, atualmente, tem 200 patentes de inovação pendentes, que foram submetidas em 100 dias. As soluções que a Talkdesk desenvolve já são utilizadas por mais de 1.800 empresas, em mais de 75 países.