A Câmara de Idanha-a-Nova vai introduzir, a partir de segunda-feira, o Transporte Social a Pedido, serviço que permite à população das 13 freguesias uma ligação à sede de concelho e a Castelo Branco, foi esta terça-feira anunciado.

“De acordo com os trajetos definidos, fica assegurada a possibilidade das populações de todas as freguesias usufruírem deste serviço uma vez por semana”, explica, em comunicado, este município do distrito de Castelo Branco.

O serviço “funciona com marcação prévia obrigatória, com quatro dias de antecedência, através do telefone 925 224 750 (segunda a sexta-feira, das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 16h00)”, lê-se na nota.

A autarquia explica que a marcação de lugar pretende respeitar a limitação de passageiros de acordo com as orientações da Direção-Geral da Saúde (DGS), para salvaguarda da saúde e do bem-estar de todos.

“O retomar das ligações no concelho de Idanha-a-Nova tem acompanhado a evolução da pandemia Covid-19, com a consciência, porém, de que os transportes públicos são fundamentais para a mobilidade e qualidade de vida da população”, sustenta.

O município sublinha ainda que continuam a funcionar os transportes rodoviários do Cartão Raiano, um serviço que liga todas as localidades de Idanha-a-Nova à sede de concelho, através de itinerários e horários que dão resposta às necessidades de mobilidade da população e minimizam a concentração de passageiros.

“Mantêm-se ainda previstos transportes excecionais de acordo com necessidades pontuais dos cidadãos (consultas médicas, por exemplo), sujeitos a marcação prévia junto da Linha de Apoio Psicossocial do Município de Idanha-a-Nova (966 032 484)”, explica a nota.

Todos os percursos e horários vão estar disponíveis na Câmara de Idanha-a-Nova, nas juntas de freguesias e nos sites oficiais do município, nomeadamente em www.cm-idanhanova.pt e www.idanha.pt.