A Águas do Vale do Tejo vai investir 2,3 milhões de euros na reabilitação do sistema de abastecimento de água de Penamacor, no distrito de Castelo Branco, anunciou esta quarta-feira aquela empresa.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a Águas do Vale do Tejo explica que a empreitada de reabilitação será consignada no decorrer desta semana e que a obra foi adjudicada ao consórcio António Saraiva e Filhos, Lda. / OPUALTE – Construções, SA, com um prazo de execução de 730 dias.

“O presente investimento irá traduzir-se na construção de uma conduta de abastecimento de água com uma extensão com cerca de 20 quilómetros e terá um importante papel na fiabilidade e resiliência do subsistema da Meimoa que abastece o Município de Penamacor”. Segundo a informação, esta intervenção “permitirá minimizar significativamente a redução de perdas de água no subsistema da Meimoa”.

“A infraestrutura projetada apresenta como mais-valias uma maior fiabilidade devido à mudança de material da conduta (de plástico reforçado com fibra de vidro para ferro fundido dúctil), à classe de pressões (de PN10 para PN40) e à redução dos custos de energia, uma vez que o abastecimento será totalmente gravítico, contribuindo para os objetivos do projeto ZERO do Grupo Águas de Portugal, que tornará as suas empresas energeticamente autossustentáveis”, está detalhado.

A empresa que integra o Grupo Águas de Portugal também salienta que, tendendo ao contexto de pandemia, a obra irá decorrer de acordo com as medidas de prevenção, proteção e segurança, tendo por base as medidas previstas no Plano de contingência da EPAL e nas diretrizes vigentes a nível nacional.