As várias redes sociais detidas por Mark Zuckerberg estiveram instáveis e com problemas de ligação ao final da tarde desta quinta-feira, mas essa situação parece entretanto ter sido resolvida e os relatos de falhas no Facebook, Instagram e Whatsapp desceram consideravelmente já ao final da noite.

Até às 22h15 desta quinta-feira, ainda não tinha havido nenhuma confirmação nem qualquer explicação oficial para as falhas reportadas.

O Facebook começou a apresentar problemas por volta das 19h00 (hora de Lisboa), o que levou a que às 19h16 o site DownDetector (onde os utilizadores podem reportar que não estão a conseguir a aceder a determinado site) atingisse um pico de 21.820 queixas nesse sentido. Porém, horas mais tarde, às 21h46, esse número já baixara para 84.

Entre as falhas reportadas esta quinta-feira (que estão todas concentradas no período que vai das 19h00 às 22h00) no Facebook, 50% de utilizadores disseram que não conseguiam aceder ao site de todo. Houve também 28% a dizer que tinham problemas a aceder ao mural e outros 21% que não conseguiam fazer login.

Já no Instagram, 75% dos utilizadores que foram ao DownDetector disseram que não conseguiam atualizar o mural de partilha de publicações, 15% não consegue aceder à versão web da aplicação e 9% não consegue fazer login. Em ambos os casos há queixas de utilizadores nos EUA, América Latina e em vários países da Europa.

O WhatsApp também esteve com problemas, mas não tão expressivos, surgindo com um alerta amarelo e não vermelho no DownDetector (ao contrário das redes sociais irmãs). Ainda assim, 72% dos utilizadores da app de troca de mensagem dizem estar com problemas na ligação, 23% queixa-se de que não consegue enviar ou receber mensagens e 3% não consegue fazer login.

No Twitter, durante as horas das falhas, houve várias queixas de utilizadores daquelas três redes sociais: