João Vasco Caldeira venceu este sábado as eleições para a Comissão Política Distrital do CDS-PP de Castelo Branco, com mais cinco votos do que o seu opositor, Rui Mateus.

A lista liderada por João Vasco Caldeira obteve 34 votos, enquanto a lista que era encabeçada por Rui Mateus, atual presidente da Juventude Popular local, registou 29 votos.

Contactado pela agência Lusa, João Vasco Caldeira que também foi hoje reeleito para a Concelhia do CDS na Covilhã, assumiu a satisfação pelo resultado e salientou a importância de os militantes trabalharem unidos, independentemente da lista que apoiavam.

“Estou satisfeito com o resultado e muito responsabilizado com o resultado. Daqui para a frente, não há divisões. Há um CDS e o que todos queremos, certamente, é que o CDS alcance os melhores resultados possíveis”.

João Vasco Caldeira reiterou o compromisso de lutar para que o CDS-PP se afirme como terceira força política no distrito de Castelo Branco, a começar já nas autárquicas de 2021.

“Primeiro que tudo o grande objetivo que temos é aumentar a nossa representatividade eleitoral no distrito e aumentar o número de mandatos já nas próximas eleições autárquicas no distrito”, apontou.

Segundo explicou, os primeiros passos vão passar por implementar as estruturas concelhias no distrito para se avançar com o trabalho com vista às eleições autárquicas de 2021.

O vencedor da distrital do CDS assumiu ainda que pretende apresentar candidaturas no “maior número possível de concelhos quer em listas próprias, quer em listas de coligação”.