Subiram para 41 as vítimas mortais de um acidente que envolveu um autocarro e um camião no interior do estado brasileiro de São Paulo. O acidente ocorreu na manhã desta quarta-feira, segundo informações divulgadas pelas autoriadades locais, em Taguaí, região de Avaré. Trinta e sete morreram no local, quatro morreram a caminho ou já no hospital.

“É uma ocorrência muito grave. Temos um autocarro que transportava 53 pessoas [que eram trabalhadores] de uma empresa. Ele colidiu com um camião. Não temos dados precisos porque é um local de difícil acesso”, declarou tenente Alexandre Guedes, porta-voz da Polícia Militar. Numa fase inicial, as autoridades falaram de até 25 mortos.

O condutor do camião, equipado com dois semirreboques, transportava carga de esterco e, depois da colisão com o autocarro, invadiu uma propriedade rural. O condutor sobreviveu ao acidente e foi encaminhado para um pronto-socorro no município brasileiro de Fartura.

Alexandre Guedes acrescentou que o número de vítimas mortais ainda pode aumentar já que algumas pessoas ficaram presas nas ferragens e ainda estão a ser atendidas por paramédicos e bombeiros no local. Quinze pessoas já foram socorridas para hospitais da região e outras vítimas estão recebendo socorro, porque ficaram presas nas ferragens, acrescentou o porta-voz da polícia brasileira.

O acidente aconteceu por volta das sete da manhã no horário de Brasília — mais três horas em Portugal Continental — ao quilómetro 172 da Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho, numa zona de curva. A estrada foi interditada para o atendimento dos envolvidos no acidente. Os corpos das vítimas estão a ser levadas para o Instituto Médico Legal de Avaré e as autoridades policiais estão a identificar os corpos. Entretanto, o governo de São Paulo estão a pedir doações de sangue em Botucatu.