O gesto viral do futebolista português Cristiano Ronaldo, que afastou duas garrafas de Coca-Cola (refrigerante que patrocina o Euro 2020) numa conferência de imprensa, continua a gerar uma onda de imitações mais ou menos fiéis. A imitação feita pelo selecionador russo terá sido a menos fiel de todas – porque, também em conferência de imprensa, em vez de afastar as garrafas, decidiu abrir uma e bebeu um pouco.

Foi na antevisão do jogo com a Finlândia que Stanislav Cherchesov pegou em duas garrafas do referido refrigerante. Uma das garrafas serviu de auxílio ao treinador da seleção da Rússia para abrir a outra e, logo de seguida, começou a beber, numa atitude bem humorada e contrária à de Ronaldo.

Já o italiano Manuel Locatelli tinha repetido o gesto do craque português, também numa conferência de imprensa do Euro2020. No caso de Locatelli, porém, o gesto foi mais parecido com o de Ronaldo – o atleta trouxe a sua garrafa de água e colocou-a onde estavam as garrafas de Coca-Cola, afastando-as ligeiramente para longe de si.