Nelson Évora revelou este sábado à noite que foi operado ao menisco, uma estrutura na região do joelho, após ter sofrido uma “pequena lesão” pouco antes daquela que será a última competição em que participará. O atleta de triplo salto, de 37 anos, publicou um vídeo na rede social Instagram em que anuncia que teve menos de 18 semanas de preparação antes dos Jogos Olímpicos por causa da intervenção cirúrgica a que foi sujeito.

Na publicação em causa, Nelson Évora considera que este é “um dos segredos mais bem guardados” da sua preparação olímpica: “Quando tudo estava a correr bem, lá vem mais um obstáculo! Nada de novo numa vida recheada de tantas pedras no caminho! Mas mais uma vez chorei, arregacei as mangas e fui à luta“, admite o atleta, que promete publicar um segundo vídeo sobre este desafio este domingo.

Nas imagens, o desportista do Futbol Club Barcelona conta que foi operado a 12 de março deste ano, dando-lhe pouco tempo de preparação para os Jogos Olímpicos. “Vai ser correr contra o tempo”, desabafa Nelson Évora no vídeo, gravado “a poucas horas, sensivelmente a duas horas e meia da operação”. “Vai correr bem. Temos de acreditar. O meu treinador diz sempre que nada é impossível. Eu acredito nisso também”, prossegue.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Oito dias após a intervenção cirúrgica, Nelson Évora voltou a caminhar e iniciou as sessões de treino em ginásio e de fisioterapia que conduziram à sua recuperação. Nos últimos segundos do vídeo, o atleta surge a entrar no carro e a dizer: “Temos de ir com calma, temos de ir com calma”. A mensagem de espera é repetida na legenda do vídeo: “Se acredito? Sempre!”, garantiu.