Título: Sobre o amor
Autor: Charles Bukowski
Editora: Alfaguara
Tradução: Valério Romão
Páginas: 208
Preço: 17,70€

Para quem só conhece a obra em prosa de Bukowski, Sobre o amor parecerá uma surpresa. De Bukowski, talvez não se esperem poemas de amor. Mas, mesmo que o início até engane, o livro acaba por fugir para o desbragamento habitual. Falta a Bukowski a capacidade de ser mais do que Bukowski. Na prosa como na poesia, o autor não se liberta dos seus traços, razão pela qual a sua obra dá tão pouco. A mediania impõe-se também porque falta ao autor a capacidade de fazer grandeza.

Sobre o amor chega pela mão da Alfaguara, que parece empenhada em trazer a obra do autor a Portugal. Nos últimos nove anos, têm sido vários os volumes traduzidos, sendo esta a primeira obra poética com o selo da editora. O título ludibria, até porque o autor reproduz em verso o que nos dá em prosa. Não é que reflita no amor por mulheres enquanto gente, o que ali cabe é a paixão por mulheres enquanto corpos, na qual não se abdica de um certo tom brejeiro nem da fantasia entediante da potência de um homem:

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.