A farmacêutica francesa Sanofi anunciou esta terça-feira que vai parar o desenvolvimento da sua vacina de RNA mensageiro.

Apesar dos resultados interinos positivos para o ensaio da fase 1-2 da sua vacina, a Sanofi acredita que seria demasiado tarde para chegar ao mercado, quando um total de 12 mil milhões de doses de vacina Covid terão sido produzidas até ao final do ano.

A Sanofi tinha estado a trabalhar com a Translate Bio nesta vacina desde março de 2020, e até comprou a empresa norte-americana de biotecnologia no início de agosto por cerca de 2,7 mil milhões de euros.

Contudo, “a necessidade não é de criar novas vacinas Covid-19 RNA, mas de equipar a França e a Europa com um arsenal de vacinas de RNA mensageiro para uma futura pandemia, para novas doenças”, acrescenta Thomas Triomphe.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Como resultado, a Sanofi não desenvolverá uma fase 3 para esta vacina, uma vez que “não há necessidade de outra vacina de RNA mensageiro”.

No entanto, a Sanofi diz querer desenvolver vacinas com esta tecnologia contra outros vírus, sem efeitos secundários e com menos restrições em termos de temperatura de armazenamento.

O grupo já lançou ensaios iniciais para uma vacina monovalente — com uma única estirpe de vírus — contra a gripe sazonal e anunciou que iria lançar ensaios clínicos no próximo ano contra a gripe, desta vez com uma vacina quadrivalente.