803kWh poupados com a
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Morreu o ator Ricardo Peres, que fez parte dos Commedia a La Carte. Tinha 49 anos 

O ator Ricardo Peres, conhecido por ter integrado o grupo Commedia a La Carte, morreu este sábado aos 49 anos. O ator sofria de cancro no pulmão e nos ossos.

Ricardo Peres

O ator Ricardo Peres, que fez parte do grupo de humor de improviso Commedia a La Carte, morreu este sábado aos 49 anos. A notícia foi avançada na rede social Instagram pelo ator José Pedro Vasconcelos, seu amigo. Ricardo Peres tinha sido diagnosticado no início do ano com cancro no pulmão e nos ossos.

Ricardo Peres fez parte dos Commedia a La Carte, grupo criado em 2000, com César Mourão e Carlos M. Cunha, com o qual ganhou notoriedade. Integrou ainda o programa da RTP1 5 Para a Meia Noite. Nos últimos anos dedicava-se à produção de teatro.

Tinha sido criada uma campanha de angariação de fundos para ajudar o ator na luta contra o cancro.

Nas redes sociais multiplicam-se as homenagens a Ricardo Peres. José Pedro Vasconcelos lembra a “vida cheia” do artista de quem era amigo há 31 anos. Também a atriz Maria Rueff recorreu ao Instagram para homenagear o colega de “bom coração, olhar cúmplice e sorriso franco”. Já César Mourão recorda o “humor imbatível” de Ricardo Peres e a “herança” que o ator deixa.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

 
Assine o Observador a partir de 0,18€/ dia

Não é só para chegar ao fim deste artigo:

  • Leitura sem limites, em qualquer dispositivo
  • Menos publicidade
  • Desconto na Academia Observador
  • Desconto na revista best-of
  • Newsletter exclusiva
  • Conversas com jornalistas exclusivas
  • Oferta de artigos
  • Participação nos comentários

Apoie agora o jornalismo independente

Ver planos

Oferta limitada

Apoio ao cliente | Já é assinante? Faça logout e inicie sessão na conta com a qual tem uma assinatura

Há 4 anos recusámos 90.568€ em apoio do Estado.
Em 2024, ano em que celebramos 10 anos de Observador, continuamos a preferir o seu apoio.
Em novas assinaturas e donativos desde 16 de maio
Apoiar

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.

Há 4 anos recusámos 90.568€ em apoio do Estado.
Em 2024, ano em que celebramos 10 anos de Observador, continuamos a preferir o seu apoio.
Em novas assinaturas e donativos desde 16 de maio
Apoiar
Junte-se ao Presidente da República e às personalidades do Clube dos 52 para uma celebração do 10º aniversário do Observador.
Receba um convite para este evento exclusivo, ao assinar um ano por 99€.
Limitado aos primeiros 100 lugares
Assinar agora Ver programa