Momentos-chave
Histórico de atualizações
  • Bom dia.

    Este liveblogue fica por aqui. Para acompanhar as notícias desta sexta-feira sobre a pandemia de Covid-19 consulte este liveblogue.

    Covid-19. Portugal com 79 mortes e mais 4.935 novas infeções nas últimas 24 horas

  • Utentes de lar que aguardava a realização de testes há uma semana já foram testados

    Os utentes do Lar Bella Persona Senior Residence, em Rio de Mouro, foram esta quinta-feira testados — oito dias após ter sido detetado um caso positivo na instituição.

    Na quarta-feira, uma hora após o Observador ter noticiado que o lar aguardava a realização da testagem aos idosos, a direção contactou os familiares para informar que naquele dia receberam “as requisições para a realização de teste PCR”.

    Segundo a comunicação, os idosos seriam testados durante esta quinta-feira.

    Lar de Sintra espera há uma semana para que idosos sejam testados depois de confirmação de um infetado numa ida ao hospital

  • Suécia fecha escolas secundárias com aproximar do pico da segunda vaga

    As escolas secundárias na Suécia vão fechar durante um mês e as aulas serão dadas à distância, anunciou hoje o primeiro-ministro, Stefan Löfven, numa altura em que a segunda vaga da Covid-19 atinge o pico no país escandinavo.

    “Estamos a fazer isto para conter o contágio”, explicou o chefe de Governo sueco em conferência de imprensa, explicando que a medida será aplicada de segunda-feira até ao reinício do ano letivo, em 6 de janeiro.

    Durante a primeira vaga, as escolas secundárias já tinham sido encerradas de meados de março a meados de junho.

    Creches, escolas primárias e faculdades, no entanto, permaneceram abertas, o que também se verifica atualmente.

    Num país que tem chamado à atenção com uma estratégica amplamente não coerciva, a segunda vaga excedeu em muito as previsões iniciais das autoridades de saúde pública, que agora acreditam que o pico deve ser alcançado em meados de dezembro.

  • Brasil chega aos 175 mil mortos após somar 755 óbitos em 24 horas

    O Brasil totaliza hoje 175.270 óbitos devido à Covid-19 após ter somado 755 vítimas mortais nas últimas 24 horas, o número mais alto das últimas duas semanas, informou hoje o Ministério da Saúde.

    Em relação ao número de infeções, o país sul-americano voltou a contabilizar mais de 50 mil novos casos em 24 horas (50.434), num total de 6.487.084 pessoas diagnosticadas com o novo corornavírus desde o início da pandemia.

    O Brasil, com cerca de 212 milhões de habitantes, é o país lusófono mais afetado pela pandemia e um dos mais atingidos no mundo. A taxa de letalidade da doença no país encontra-se hoje em 2,7%.

    Já a taxa de incidência da Covid-19 é, no momento, de 83,4 mortes e 3.086,9 casos por cada 100 mil habitantes.

  • Covid-19. Madeira recebeu 53 mil testes rápidos para utilizar em “eventuais surtos”

    Testes rápidos à Covid-19 são para utilizar em “eventuais surtos”, reforçando o ‘stock’ de 3 mil que já possuía, indicou o Governo Regional, apenas em “contextos muito específicos”.

    Covid-19. Madeira recebeu 53 mil testes rápidos para utilizar em “eventuais surtos”

  • Covid-19. Petição com 400 mil assinaturas contra garimpo entre indígenas Yanomami

    Garimpo no território dos indígenas Yanomami, no norte do Brasil, ajudou a espalhar o novo coronavírus na região e é contestado pela petição intitulada “Fora Garimpo, Fora Covid”.

    Covid-19. Petição com 400 mil assinaturas contra garimpo entre indígenas Yanomami

  • Pfizer só vai distribuir metade das vacinas que tinha planeadas para 2020

    A empresa farmacêutica Pfizer revelou hoje que só vai distribuir metade das vacinas que tinha planeado para 2020, de acordo o The Wall Street Journal. Na origem, estão problemas na cadeia de abastecimento, cujos processos “demoraram mais tempo do que o previsto”, de acordo com uma porta-voz da empresa.

    A Pfizer, juntamente com a BioNTech SE, esperava distribuir 100 milhões de doses de vacina até ao final do ano, mas só será possível disponibilizar 50 milhões.

    Para uma pessoa estar imune à Covid-19, precisa de tomar duas doses da vacina desenvolvida pela Pfizer, tendo sido a primeira que teve uma aprovação de emergência, ontem, pelo ministério da Saúde britânico.

  • Covid-19. Presidente da Junta de Rabo de Peixe considera testagem uma “megaoperação”

    A realização de testes aos nove mil residentes da vila do concelho da Ribeira Grande, nos Açores, vai começar na sexta-feira e irá decorrer até domingo.

    Covid-19. Presidente da Junta de Rabo de Peixe considera testagem uma “megaoperação”

  • Ministério diz que economia brasileira vai recuperar sem auxílio do governo

    A economia brasileira cresceu 7,7% no terceiro trimestre do ano. O Ministério da Economia prevê que continue a recuperar em 2021 “sem a necessidade de auxílios governamentais”.

    Ministério diz que economia brasileira vai recuperar sem auxílio do governo

  • Covid-19. UNICEF lança maior pedido de fundos da sua história

    A UNICEF fez, esta quinta-feira, o maior pedido de fundos da sua história, ao solicitar 5.292 milhões de euros para, em 2021, poder chegar a 190 milhões de crianças em situações extremas.

    Covid-19. UNICEF lança maior pedido de fundos da sua história

  • Covid-19. Moçambique terá seis milhões de vacinas

    Iniciativa global COVAX atribui 6 milhões de vacinas ao país africano. O Governo já elaborou um plano de aquisição, administração e monitorização da vacina.

    Covid-19. Moçambique terá seis milhões de vacinas

  • Movimento "A Pão e Água" termina greve de fome

    Está terminada a greve de fome do grupo de nove empresários da restauração e da animação noturna, liderados pelo cozinheiro Ljubomir Stanisic, após sete dias de protesto em frente ao Parlamento, dois manifestantes assistidos pelo INEM e uma reunião com Fernando Medina.

    O encontro com o autarca de Lisboa, que está a mediar o diálogo entre o movimento e o Governo, foi decisivo para desbloquear o impasse que durava há uma semana, já que nem o primeiro-ministro, António Costa, nem o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, se mostraram disponíveis para uma reunião.

    Os manifestantes protestam contra as medidas que prejudicaram fortemente o setor e exigem apoios mais significativos ao Estado.

    Representantes do movimento “A Pão e Água” recebidos por Fernando Medina após sete dias de greve de fome

  • Covid-19. OMS/Europa pondera criação de certificado eletrónico de vacinação

    A OMS/Europa está a ponderar a criação de um certificado eletrónico de vacinação. O objetivo é permitir identificar e monitorizar as pessoas vacinadas à Covid-19.

    Covid-19. OMS/Europa pondera criação de certificado eletrónico de vacinação

  • Covid-19. Amnistia denuncia condições “alarmantes” nos lares de idosos espanhóis

    A Amnistia Internacional afirma que as medidas postas em prática nos lares de Madrid e da Catalunha foram “ineficazes e inadequadas” e não respeitam os direitos dos residentes.

    Covid-19. Amnistia denuncia condições “alarmantes” nos lares de idosos espanhóis

  • Mundo regista mais de 1,5 milhões de mortos desde o início da pandemia de Covid-19

    Desde 24 de novembro, mais de 10.000 novos mortos por dia são registados em média, um nível inédito até agora. Mais de metade das mortes registadas nos últimos sete dias ocorreram na Europa.

    Mundo regista mais de 1,5 milhões de mortos desde o início da pandemia de Covid-19

  • Covid-19. Brasil regista novo avanço da pandemia com vários hospitais saturados

    Privados em São Paulo e Rio de Janeiro com taxas de ocupação das UTI destinadas a pacientes com Covid-19 são, respetivamente, de 84% e 98% e e na rede pública ambas aproximam-se dos 90% .

    Covid-19. Brasil regista novo avanço da pandemia com vários hospitais saturados

  • Covid-19. Número de infetados no surto no lar da Misericórdia de Serpa sobe para 24

    Já depois de terem tido resultados negativos nos primeiros testes de despiste do vírus que provoca a Covid-19, 12 utentes do Lar de S. Francisco começaram a ter sintomas. Oito testaram positivo.

    Covid-19. Número de infetados no surto no lar da Misericórdia de Serpa sobe para 24

  • Covid-19. Vacina da Moderna produziu anticorpos persistentes 90 dias depois

    Um ensaio clínico aponta que a vacina da Moderna para a Covid-19 produziu anticorpos persistentes 90 dias após a aplicação. Os autores observaram ainda uma ligeira e esperada queda dos anticorpos.

    Covid-19. Vacina da Moderna produziu anticorpos persistentes 90 dias depois

  • Governo diz que pico da pandemia em Moçambique ocorreu em outubro

    O ministro da Saúde de Moçambique disse hoje que a Covid-19 atingiu o pico no país em outubro, porque as autoridades conseguiram retardar a aceleração da pandemia, o que permitiu proteger o Sistema Nacional de Saúde (SNS).

    “Moçambique conseguiu atingir o pico apenas em outubro”, declarou Armindo Tiago, falando na Assembleia da República.

    Foi a primeira vez que um membro do governo moçambicano se referiu ao mês de outubro como o do pico de casos do novo coronavírus, mas Armindo Tiago não avançou se o país vai ter ou não uma segunda vaga e um segundo pico.

    Tiago assinalou que as previsões iniciais indicavam que os casos de Covid-19 atingiriam o pico em abril em Moçambique e depois foram corrigidos para junho, mas só se concretizaram em outubro.

  • Covid-19. Maia abre na sexta-feira novo centro de testagem rápida da Cruz Vermelha

    O novo centro de testagem rápida da Cruz Vermelha na Maia, no distrito do Porto, vai ter quatro linhas de testagem: duas em funcionalidade “drive-thru” (carro) e duas em “walk-thru” (a pé).

    Covid-19. Maia abre na sexta-feira novo centro de testagem rápida da Cruz Vermelha

1 de 7