O número de infetados no surto de Covid-19 no lar de idosos da Santa Casa da Misericórdia de Serpa, no Alentejo, subiu para 24, após confirmada a infeção em mais oito utentes, revelou esta quinta-feira o presidente do município.

Já depois de terem tido resultados negativos nos primeiros testes de despiste do vírus que provoca a Covid-19, 12 utentes do Lar de S. Francisco começaram a ter sintomas compatíveis com a doença e fizeram novos testes, tendo sido confirmada a infeção em oito deles na quarta-feira, disse à agência Lusa Tomé Pires.

Segundo o autarca, estes oito idosos foram transferidos na quarta-feira para a Zona de Concentração e Apoio à População (ZCAP), situada no Pavilhão Municipal dos Desportos Carlos Pinhão, na cidade de Serpa, no distrito de Beja, juntando-se aos outros 10 utentes do lar infetados e que já lá estavam desde domingo.

Com a confirmação dos oito novos casos de infeção, subiu de 16 para 24 o número total de infetados no surto no lar, entre os quais há 21 utentes e três funcionários, precisou o autarca.

Dos 21 utentes infetados, 18 estão na ZCAP e três internados no hospital de Beja, sendo que dois destes deverão ter alta esta quinta ou na sexta-feira e depois ser transferidos para aquela infraestrutura de retaguarda criada para alojar pessoas infetadas pelo vírus da Covid-19, indicou.

De acordo com Tomé Pires, o primeiro caso de infeção confirmando no Lar de S. Francisco, que tem 94 utentes e é propriedade da Santa Casa da Misericórdia de Serpa, foi o de um funcionário, que, após começar a ter sintomas, fez um teste de despiste do vírus da Covid-19, cujo resultado positivo foi conhecido no passado dia 24 de novembro.

Dois dias depois foram feitos testes de despiste a todos os utentes e aos restantes funcionários do lar, tendo-se ficado a saber, no dia 27 de novembro, que 13 utentes estavam infetados e, no dia seguinte, que mais dois funcionários também tinham a infeção.

No passado domingo, 10 dos 13 primeiros utentes com infeção confirmada foram transferidos para a ZCAP e os outros três, devido ao estado de saúde, acabaram por ser transportados para o hospital de Beja, onde ficaram internados.

Segundo o autarca, até esta quinta-feira, no concelho de Serpa, há registo de 187 pessoas infetadas pelo vírus da covid-19, das quais 86 estão com infeções ativas, 99 já recuperaram e duas morreram.