Logo Observador
Peugeot

Peugeot com dois novos eléctricos… de duas rodas

A Peugeot ampliou a sua oferta de veículos eléctricos em Portugal com duas novas propostas: a trotineta e-Kick e a bicicleta e-Bike. Perfeitamente acomodáveis nas bagageiras do 3008 e do 5008.

Autor
  • António Sousa Pereira

Aumentar a mobilidade individual e sustentada dos seus clientes, em particular em meio urbano, é a principal missão dos dois novos veículos eléctricos lançados pela Peugeot no nosso país: a bicicleta e-Bike eF01 e a trotineta e-Kick by Micro. Ambas com assistência eléctrica, são dobráveis, de forma a poderem caber, sem problemas, na bagageira do 3008 (apenas a trotineta) e do 5008, em dockstations próprias que permitem, igualmente, o respectivo carregamento a bordo – podendo este ser efectuado, também numa tomada de carregamento doméstica, em cerca de uma hora.

Em Portugal, a trotineta e-Kick custa 1.220€, a respectiva dockstation orça em 371€ e pode seguir a bordo tanto do 3008 como do 5008. Já a e-Bike exige o dispêndio de 1.779€, a sua dockstation custa 330€ e só pode ser instalada no SUV de sete lugares. Por outro lado, por serem propostos como opcionais destes modelos, ambas poderão ser incluídas num eventual financiamento destinado à aquisição do automóvel.

A e-Kick e a e-Bike podem ainda ser registadas na app MyPeugeot, que permite controlar, remotamente e em tempo real, a carga da bateria e a autonomia. De recordar que a Peugeot é a única marca do mundo a comercializar uma oferta tão ampla de veículos eléctricos: além dos referidos, fazem parte do catálogo a scooter GenZe, o citadino iOn, o Partner Tepee e o furgão Partner.

Recomendador: descubra o seu carro ideal

Não percebe nada de carros, ou quer alargar os horizontes? Com uma mão-cheia de perguntas simples, ajudamo-lo a encontrar o seu carro novo ideal.

Recomendador: descubra o seu carro idealExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Catolicismo

Maria Madalena: a apóstola dos apóstolos

P. Gonçalo Portocarrero de Almada

Todas as mulheres cristãs, sem necessidade do sacramento da Ordem, podem e devem ser, sejam leigas ou consagradas, solteiras ou casadas, apóstolas de apóstolos, como Maria Madalena.