Logo Observador
Aston Martin

Fez-se luz: Aston Martin Valkyrie (já) tem faróis

Apresentado em Março, numa fase de pouco mais que protótipo, o futuro superdesportivo da Aston Martin, o Valkyrie, não tinha então sequer faróis. Problema resolvido, a par de novas jantes e pintura.

O Twitter foi o canal escolhido pela Aston Martin para mostrar, com a tenista Serena Williams, que o seu projecto de superdesportivo está a andar

Autor
  • Francisco António

O Aston Martin Valkyrie deu-se então a conhecer, ainda na forma de concept, no último Salão Automóvel de Genebra. Na altura, sem faróis! Só que o projecto começa, pouco a pouco, a tomar a forma definitiva: agora, já com luzes, novas jantes e uma nova cor exterior.

A revelação destes novos pormenores foi feita pela própria Aston Martin, no Twitter, através da publicação de uma foto do Valkyrie, acompanhado da tenista norte-americana Serena Williams. Imagem que, além dos faróis, das novas jantes com centro a laranja e de uma cor exterior prateada, revela também uma espécie de pequeno capot dianteiro e aquilo que se presume serem entradas de refrigeração, na parte interior dos pára-lamas dianteiros. De resto, e embora a foto não seja totalmente perceptível, o Valkyrie agora exibido parece ter igualmente uma traseira mais afilada.

A par desta foto, um utilizador da rede social Instagram, Bogdan Capusan, disponibilizou também uma série de fotos do Valkyrie, durante a sua passagem pelo Grande Prémio do Mónaco de F1. Entre as quais, uma fantástica imagem da traseira, caracterizada pelo difusor gigante e pelos marcantes farolins nas extremidades, sem esquecer a “obrigatória” imagem da invulgar lateral do modelo, a anunciar a já expectável dificuldade, para qualquer ocupante, em entrar no habitáculo. Mesmo com uma porta que, ao que tudo indica, abrirá tipo asa de gaivota.

Aston Martin. AM-RB chama-se Valkyrie

Recorde-se que, apesar das novidades agora desvendadas, o Aston Martin Valkyrie já havia visto confirmada a inclusão de alguns componentes verdadeiramente de ponta. A começar pelo V12 6,5 litros Cosworth, valorizado com a inclusão de um sistema híbrido da Rimac e que lhe permite anunciar uma potência de 1.000 cv, assim como por uma caixa de sete velocidades da Ricardo, concebida especificamente para este superdesportivo. Já a Multimatic assumirá a construção do monocoque em fibra de carbono do modelo britânico.

O Valkyrie será produzido numa edição limitada de apenas 175 unidades, sendo que, destas, 150 serão homologadas para a estrada, ao passo que as restantes 25 estarão aptas apenas para utilização em pista.

Quanto às entregas, deverão começar apenas em 2019, sendo que todas as unidades têm já proprietário. Isto, apesar de um preço unitário a rondar os 3 milhões de euros…

Comparador de carros novos

Compare até quatro, de entre todos os carros disponíveis no mercado, lado a lado.

Comparador de carros novosExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Educação

O Filipa e a escola pública

Maria José Melo

Portugal só será realmente um país civilizado quando existir consciência cívica por parte de todos os cidadãos. Foi esta visão que adquiri no Liceu D. Filipa de Lencastre e me acompanhou toda a vida.