Colômbia

Sobe para três o número de mortos em atentado no norte de Bogotá

Pelo menos três mulheres, uma delas francesa, de 23 anos, morreram após sofrerem ferimentos graves numa explosão num centro comercial no norte de Bogotá.

RED DE APOYO HANDOUT/EPA

Autor
  • Agência Lusa
Mais sobre

Pelo menos três mulheres, uma delas francesa, de 23 anos, morreram após sofrerem ferimentos graves numa explosão num centro comercial no norte de Bogotá, informaram no sábado fontes dos serviços de emergência. A Clínica del Country indicou, em comunicado, que Ana María Gutiérrez, de 27 anos, e Lady Paola Jaimes, de 31, “morreram em consequência das lesões sofridas”.

Previamente, o autarca de Bogotá, Enrique Peñalosa, tinha informado que uma mulher estrangeira tinha morrido em consequência do ataque com um artefacto explosivo, cuja autoria ainda não foi determinada. “A jovem é uma francesa de 23 anos”, disse Peñalosa, indicando que, dos 11 feridos, três estão em estado grave. O atentado ocorreu às 17h00 de sábado (23h00 em Lisboa) nas casas de banho do segundo andar do Centro Comercial Andino, no norte de Bogotá.

O Presidente colombiano, Juan Manuel Santos, disse na sua conta de Twitter que ordenou ao diretor da polícia, Jorge Hernando Nieto, que dirigisse uma investigação, expressando também a sua “solidariedade com as vítimas”. Após a explosão, as autoridades ordenaram a evacuação do centro comercial e foram encerradas as ruas envolventes. Técnicos especialistas em explosivos inspecionaram o local para determinar que tipo material foi utilizado no atentado.

O incidente ocorre dois dias antes de Santos viajar para Portugal e França, de 20 a 23 deste mês, com uma agenda de caráter diplomático, económico e cultural. Em Lisboa será recebido pelo Presidente Marcelo Rebelo de Sousa, com quem terá um encontro privado, e pelo primeiro-ministro, António Costa. De Lisboa, Santos desloca-se a Paris, onde se encontrará com o Presidente Emmanuel Macron.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site