Eusébio da Silva Ferreira foi considerado pelo jornal inglês The Guardian como o 11º melhor jogador da história dos Mundiais de Futebol. Em primeiro lugar surge Pelé, em segundo Maradona e a fechar o pódio está Beckenbauer. Luís Figo e Cristiano Ronaldo também figuram na lista, em 59º e 33º lugar, respetivamente.

Eusébio é descrito como “um poderoso rematador” por Barry Glendenning, jornalista desportivo, que recorda o famoso jogo do Mundial 1966 em que Portugal esteve a perder com a Coreia do Norte por 3-0 e acabou por vencer por 5-3, com quatro golos do moçambicano, que morreu em janeiro deste ano.

São 100 os jogadores listados pelo Guardian, que já tinha divulgado 80 nomes na passada terça-feira. Do top 20 fazem ainda parte Ronaldo (o brasileiro), Zidane, Cruyff, Romário e Platini, entre outros.

A lista foi elaborada por um conjunto de 40 pessoas, entre “lendas dos Mundiais”, jornalistas do Guardian e peritos internacionais em futebol. Do grupo das lendas fizeram parte nomes como Zico ou Lothar Matthäus – que, aliás, ocupam a 7ª e a 22ª posições, respetivamente – e no grupo de peritos há um português, Vitor Hugo Alvarenga, que escreve para o MaisFutebol. Cada jurado elaborou uma lista de 40 jogadores que considerassem ser os melhores dos Mundiais e a cada nome foi atribuído o número de pontos correspondente à posição na lista. Foi da soma desses pontos que saiu a lista de 100 jogadores que o jornal tem vindo a divulgar esta semana.