Roksanda Ilincic, a designer que abriu recentemente uma loja no novo hotspot do design de moda inglês, a Mount Street, em Mayfair, é um dos rostos da próxima Semana da Moda de Londres, que começa na sexta-feira, 12 de setembro. Os vestidos da licenciada em arquitetura, de 39 anos, passearam pelos corpos de atrizes como Cate Blanchett e Tilda Swinton ou artistas como Florence Welch e Bjork.

Lembra-se de o Príncipe William ter brincado com a esposa, Kate Middleton, a propósito do vestido amarelo que utilizou quando chegou a Sidney? “O William disse-me que pareço uma banana”, contou a duquesa de Cambrigde aos jornalistas, em abril de 2014. O vestido, que custa cerca de mil euros, era assinado por Roksanda Ilincic e acabou por ser uma rampa de lançamento para a designer que em 1999 deixou a Sérvia para estudar em Central Saint Martins, a universidade de artes londrina.

E sabe quem também é fã de Roksanda Ilincic? A primeira-dama norte-americana Michelle Obama, que em 2011 utilizou um vestido roxo da designer serva num evento na Universidade de Georgetown.

O vestido amarelo que a duquesa de Cambridge utilizou em Sidney fez furor, mas não foi o único. Fã do estilo de Roksanda Ilincic, Kate Middleton tem sido vista em eventos públicos com outros modelos da designer que chegou a Londres em 1999 para fazer um mestrado. Sobre o facto deter atraído a atenção das celebridades, Ilincic disse, me entrevista ao The Telegraph, que era “incrível” ter este tipo de “grandes embaixadores” a promover a moda britânica.

“As minhas roupas têm a ver com o estar e sentir-se confortável. Mesmo quando são mais experimentais, são possíveis de vestir. Não têm nada a ver com criar obras de arte”, disse.

Roksanda Ilincic é filha de um homem de negócios e de uma mãe elegante, apaixonada por Yves Saint Laurent. Depois de estudar arquitetura em Belgrado, mudou-se para Londres. Queria lançar uma marca própria, mas ainda demorou alguns anos a fazê-lo. Em 2003, aventurou-se, numa escolha que considera ter sido acertada, porque existia mais apoios disponíveis para os jovens designers.

“O meu estilo talvez não seja propriamente o que as pessoas esperam ver em Londres”, diz ao The Telegraph, a propósito da atmosfera de elegância que se sente nas suas coleções. Contudo, revela: nunca pensou sair da capital britânica. As pessoas em Londres são tão abertas a todo o tipo de criatividade”, acrescenta.

Roksanda Ilincic lança quatro coleções por ano, tem uma linha de fatos de banho e outra para meninas, chama “Blossom”. Efimia é o nome da filha de quatro anos que tem com o marido Phil, gerente da marca. Depois de ter sido mãe, a designer confessa que o trabalho deixou de ser tão preciso. “Antes da minha filha, era tudo uma questão de vida ou morte”, revela. Agora, não. “Não diria que estou menos apaixonada. Estou, antes, menos obcecada”, revela.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR