288kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Poupe na sua eletricidade com o MEO Energia. Simule aqui.

Quase trinta inundações em duas horas em Lisboa

Este artigo tem mais de 5 anos

Pela terceira vez em dois meses, a cidade de Lisboa teve algumas das suas zonas centrais alagadas. Concelhos de Oeiras, Sintra e Cascais também foram afetados pela chuva.

1 fotos

Lisboa está de novo a ser afetada por inundações. Ao início da tarde desta quarta-feira, a chuva forte que se abateu sobre a região começou a provocar estragos em alguns pontos da capital. Segundo o Regimento de Sapadores Bombeiros, entre as 15h e as 17h foram registadas 26 inundações por toda a cidade, com maior incidência na Praça de Espanha, Estrada de Chelas e Rossio.

Mas, como comprovam as imagens recolhidas nas redes sociais e enviadas pelos leitores do Observador, também a Avenida da Liberdade, o cruzamento entre as ruas Alexandre Herculano e de Santa Marta e Alcântara, por exemplo, foram outras das zonas afetadas.

Algumas áreas das vilas de Oeiras e Paço de Arcos, no concelho de Oeiras, sofreram igualmente grandes inundações. Os Bombeiros de Paço de Arcos e Oeiras confirmaram ao Observador que estão a ser chamados para dezenas de ocorrências.

De acordo com fonte do Centro Distrital de Operações de Socorro de Lisboa, foram registadas várias situações em Oeiras, Cascais e Sintra, na via pública junto a linhas de água. A situação tende a normalizar porque a chuva já parou, assegurou a mesma fonte.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Às 15 horas, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) atualizou o boletim meteorológico para esta quarta-feira, colocando quatro distritos de Portugal Continental em alerta laranja e os restantes em alerta amarelo devido à chuva, trovoada e vento forte.

 

Na Rua de São José.

[jwplatform uLy2gdX2]

[jwplatform iSoO8hFG]

 

Na rotunda do Marquês de Pombal.

Portas de Santo Antão, perto dos Restauradores.

Na avenida da Liberdade.

View this post on Instagram

When the rain comes… #lisboa #theflood

A post shared by Joe Best (@joebestworld) on

No miradouro de São Pedro de Alcântara.

Em Alcântara. Fotografia enviada pelo nosso leitor Gonçalo Lobo de Moura.

1966210_10152384456581386_402865914204521436_o

Em Oeiras.

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.