505kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Quase trinta inundações em duas horas em Lisboa

Este artigo tem mais de 5 anos

Pela terceira vez em dois meses, a cidade de Lisboa teve algumas das suas zonas centrais alagadas. Concelhos de Oeiras, Sintra e Cascais também foram afetados pela chuva.

1 fotos

Lisboa está de novo a ser afetada por inundações. Ao início da tarde desta quarta-feira, a chuva forte que se abateu sobre a região começou a provocar estragos em alguns pontos da capital. Segundo o Regimento de Sapadores Bombeiros, entre as 15h e as 17h foram registadas 26 inundações por toda a cidade, com maior incidência na Praça de Espanha, Estrada de Chelas e Rossio.

Mas, como comprovam as imagens recolhidas nas redes sociais e enviadas pelos leitores do Observador, também a Avenida da Liberdade, o cruzamento entre as ruas Alexandre Herculano e de Santa Marta e Alcântara, por exemplo, foram outras das zonas afetadas.

Algumas áreas das vilas de Oeiras e Paço de Arcos, no concelho de Oeiras, sofreram igualmente grandes inundações. Os Bombeiros de Paço de Arcos e Oeiras confirmaram ao Observador que estão a ser chamados para dezenas de ocorrências.

De acordo com fonte do Centro Distrital de Operações de Socorro de Lisboa, foram registadas várias situações em Oeiras, Cascais e Sintra, na via pública junto a linhas de água. A situação tende a normalizar porque a chuva já parou, assegurou a mesma fonte.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Às 15 horas, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) atualizou o boletim meteorológico para esta quarta-feira, colocando quatro distritos de Portugal Continental em alerta laranja e os restantes em alerta amarelo devido à chuva, trovoada e vento forte.

 

Na Rua de São José.

[jwplatform uLy2gdX2]

[jwplatform iSoO8hFG]

 

Na rotunda do Marquês de Pombal.

Portas de Santo Antão, perto dos Restauradores.

Na avenida da Liberdade.

View this post on Instagram

When the rain comes… #lisboa #theflood

A post shared by Joe Best (@joebestworld) on

No miradouro de São Pedro de Alcântara.

Em Alcântara. Fotografia enviada pelo nosso leitor Gonçalo Lobo de Moura.

1966210_10152384456581386_402865914204521436_o

Em Oeiras.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.