Depois de arrecadar muitos prémios internacionais, o cinema português continua a ser reconhecido. Numa votação em que participaram quase 300 críticos de cinema americanos, os filmes Tabu e Mistérios de Lisboa ficaram entre os melhores 25 desta década.

O crítico de cinema americano Kevin B. Lee, com o aproximar do final do ano de 2014, pediu aos colegas de profissão e cinéfilos amigos, através do Twitter, para escolherem os melhores filmes da década até à data. Um hábito de profissão. Mas o próprio confessa, no texto publicado esta semana na Fandor, que ficou surpreso com a quantidade de respostas que recebeu ao apelo. Quase 300 críticos quiseram contribuir. Kevin B. Lee não teve outro remédio do que compilar os resultados e fazer uma lista dos mais votados, conta. (Até fez um vídeo com excertos dos 25 mais votados.)

Em vigésimo quarto lugar, aparece o filme Tabu, do realizador português Miguel Gomes, com 24 votos. E em décimo sexto o filme Mistérios de Lisboa do realizador Raúl Ruiz.

Trailer do filme Tabu

Em primeiro lugar, com 103 votos, ficou o filme A Árvore da Vida do realizador Terrence Malick, seguido do filme Copie Conforme, 94 votos, com o qual Juliette Binoche arrecadou o prémio de melhor atriz no Festival de Cannes em 2010. Em terceiro lugar, surge o filme O Mentor, que foi um sério concorrente aos Óscares em 2012, devido às interpretações muito elogiadas dos atores Philip Seymour Hoffmann e Joaquin Phoenix.  

Em 2012, Miguel Gomes abalou o cinema português e mundial com o filme Tabu. Do festival de Berlim, trouxe o prémio Alfred Bauer, que distingue os filmes mais inovadores, e o prémio da crítica FIPRESCI. Já em Portugal, arrecadou o Globo de Ouro, o prémio Time Out e o Prémio Sophia, entre outros.

“Uma idosa temperamental, a sua empregada cabo-verdiana e uma vizinha dedicada a causas sociais partilham o andar num prédio em Lisboa. Quando a primeira morre, as outras duas passam a conhecer um episódio do seu passado: uma história de amor e crime passada numa África de filme de aventuras”, conta a sinopse do filme.

Neste momento, o realizador trabalha no projeto Mil e Uma Noites, que, há alguns meses, foi notícia no jornal americano New York Times.

Mas Tabu não é o único filme português que aparece nos melhores 25 filmes da década. O realizador Raúl Ruiz fura a lista até ao décimo sexto lugar, 32 votos, com o filme Mistérios de Lisboa, de 2010. Baseado no livro homónimo de Camilo Castelo Branco, o filme Mistérios de Lisboa recebeu o prémio da crítica do Festival de Cinema de São Paulo, três Globos de Ouro em Portugal e foi adaptado para a televisão numa série de seis episódios.

Trailer do filme Mistérios de Lisboa

1. Árvore da Vida
2. Copie Conforme
3. O Mentor
4. Margaret
5. Holy Motors
6. Uma Separação
7. Debaixo da Pele
8. A Propósito de Llewyn Davis
9. O Tio Boonmee que se Lembra das Suas Vidas Anteriores
10. Boyhood – Momentos de uma Vida