Conhecer cidades sem sair de casa, através de guias online, e ter a sensação de que se está num local a ver tudo em nosso redor, é a proposta da 360 City Guides, disse hoje o seu fundador.

Nuno Madeira afirmou que a página da internet 360 City Guides permite visitar várias cidades portuguesas e estrangeiras através de uma tecnologia que alia fotografias panorâmicas, som e informação considerada relevante acerca do local.

Criada em 2008, a empresa possibilita ao utilizador “ter uma experiência quase real sobre o espaço”, afirmou à Lusa o web-designer.

Nuno Madeira contou que o projeto nasceu de uma proposta de fazer uma visita virtual para o Museu da Presidência da República. Depois dessa primeira experiência, o web-designer já replicou o projeto para Nova Iorque, Bilbao, Lisboa, Porto, Monsaraz e a aldeia da Luz, bem como outros museus e empresas.

Para desenvolver cada uma das páginas Nuno Madeira visita os locais e capta as imagens e os sons com uma câmara tradicional e um gravador, sendo necessário depois três a seis meses de pós-produção até o ‘site’ estar acessível na internet.

“Estes projetos, que têm o objetivo de ajudar na promoção turística e cultural de cada espaço, são todos personalizados para tentar captar a alma das cidades”, continuou.

Nuno Madeira explicou ainda que a 360 City Guides é financiada através dos lucros de outros projetos na área da multimédia.

Este ano, as cidades espanholas de Toledo, Burgos e Segofia juntam-se “à comunidade 360º”.

Quanto a Portugal, Nuno Madeira perspetiva fazer um guia para a cidade de Almada, onde reside.