Agradeceu ao filho, à mãe, à família e aos colegas de equipa, mas deixou ficar de fora a namorada, Irina Shayk, que não compareceu à cerimónia da última segunda-feira, onde Cristiano Ronaldo recebeu a terceira Bola de Ouro. Os rumores que começaram a circular na imprensa internacional ganharam mais força esta quarta-feira: o Mundo Desportivo avança que a modelo e atriz russa deixou de seguir a página de Ronaldo na rede social Twitter.

“A prova definitiva está no Twitter”, escreve o jornal espanhol, questionando-se sobre o fim da relação, muito embora não haja qualquer confirmação oficial. Além de não ter acompanhado o namorado na gala da FIFA, em Zurique, na Suíça, Irina não fez nenhuma referência ao feito de Ronaldo nas redes sociais, tal como seria de esperar. Recorde-se que em 2013, quando o internacional português recebeu a segunda Bola de Ouro pelas mãos de Pelé, Ronaldo agradeceu a Irina — “… à minha namorada que está aqui presente”, disse num discurso emocionado e com lágrimas à mistura.

Numa entrevista dada à TVI e exibida no verão, o avançado explicou que não ponderava casar com a modelo. À jornalista Judite Sousa, que perguntou se o casamento estava nos planos do jogador, afirmou: “Ainda não, mas um dia gostava de casar. Acho que é um passo extremamente importante e seguramente terei tempo para refletir. Ainda sou jovem. É algo que um dia gostava de fazer, mas ainda não estou preparado para isso”.

O casal está junto desde 2010 e raramente é visto em público, dado que ambos têm carreiras muito intensas. Enquanto Irina, que fez 29 anos no início de janeiro, passa a maior parte do tempo em Nova Iorque, Ronaldo encontra-se em território espanhol e a jogar na equipa do Real Madrid. A confirmar-se a separação, a notícia é que o avançado português e o melhor jogador do mundo está solteiro.