Para obterem a melhor fotografia, há fotógrafos que atravessam o mundo. Foi o que fez o britânico Sean Hawkey, que viajou até uma mina de prata no Peru e decidiu revelar as imagens à moda antiga. Para isso, usou a prata da própria mina.

Interessado na história da fotografia e da arte de fazer retratos através do processo de colódio húmido, que remonta ao século XIX, o site para amantes da fotografa PetaPixel conta que Hawkey levou para a mina Sotrami, em Ayachucho, no Peru, várias caixas de material para recriar a história. O recurso ao processo de colódio húmido para fazer revelações foi o mais usado durante a segunda metade do século XIX. Para isso era necessária prata, precisamente o metal daquela mina.

Depois de criar um estúdio improvisado e de obter a prata necessário à revelação, Sean Hawkey fez retratos dos próprios mineiros que extraíram a prata que lhe permitiu concluir o projeto. Os resultados estão à vista:

O trabalho de Sean Hawkey pode ser visto na sua página oficial.