O ‘motard’ espanhol Marc Coma venceu neste sábado pela quinta vez o Rali Dakar e ofereceu à KTM o 14.º título consecutivo de construtores, deixando o português Paulo Gonçalves (Honda) no segundo lugar. Numa última especial reduzida a 101 quilómetros, devido às fortes chuvas, Coma foi quinto na tirada e conseguiu manter distâncias para Paulo Gonçalves.

Na sua 12.ª participação na maior prova mundial de todo o terreno, Coma, de 38 anos, ergueu o quinto troféu, sempre com a KTM, depois dos triunfos em 2006, 2009, 2011 e 2014. A etapa de hoje foi ganha pelo eslovaco Ivan Kajes (KTM), seguido do seu compatriota Stefan Svitko (KTM) e do australiano Toby Price (KTM), que fechou a geral no terceiro lugar do pódio.