Pelo menos 42 pessoas morreram neste domingo, no terceiro dia da campanha lançada pelas forças de segurança afegãs para recuperar o distrito oriental de Dangam, no Afeganistão, que estava parcialmente nas mãos dos talibãs, revelou fonte oficial. Desde a passada sexta-feira, quando iniciaram a ofensiva, as tropas do exército afegão conseguiram recuperar várias áreas montanhosas de Dangam, disse Numan Hatifi, o porta-voz dos militares que se encontram naquela região, citado pela agência de notícias espanhola EFE.

Numan Hatifi acrescentou que durante a operação morreram dois soldados afegãos e outros oito ficaram feridos, durante a operação ao distrito que estava parcialmente nas mãos dos talibãs há cerca de um mês.

No entanto, os talibãs contam uma versão diferente sobre os acontecimentos dos últimos dias, negando ter perdido território e acusando o exército afegão de fazer propaganda para tentar levantar a moral das suas tropas, afirmou o porta-voz do grupo, Zabihullah Mujahid. Pelo menos outros 60 supostos talibãs foram mortos durante a primeira ofensiva feita ao distrito, que foi atacado a 14 de dezembro por cerca de 1.200 rebeldes.