De acordo com a Trienal, que realiza as conferências em coprodução com o CCB, o ciclo irá ainda levar ao grande auditório, a 14 de abril, o arquiteto Bijoy Jain, fundador do Studio Mumbai e, a 11 de novembro, o MVRDV (Jacob van Rijs), um dos mais representativos da arquitetura holandesa da atualidade.

Este ciclo de conferências, com figuras mundiais de relevo da arquitetura contemporânea, faz parte das atividades desenvolvidas pela Trienal de Arquitetura de Lisboa, no período que antecede a realização da quarta edição, em 2016, que terá como título “Constelações – Uma Pausa para a Utopia”.

O primeiro convidado é o arquiteto chileno Smiljan Radić, 49 anos, autor da instalação de abertura da mostra “People Meet in Architecture”, para a 12.ª Exposição Internacional de Arquitetura da Bienal de Veneza, comissariada por Kazujo Sejima, que decorreu em 2010, e do pavilhão de 2014 da Serpentine Gallery, em Londres.

Todas as conferências do ciclo “Distância Crítica” vão decorrer no grande auditório do CCB, às 19h00.