O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, instou na terça-feira o Congresso a “dar um passo em frente” para aprovar uma reforma “exaustiva” do sistema de imigração, sublinhando que esta é necessária para a “prosperidade” e “segurança” do país.

“O Congresso deve dar um passo em frente e aprovar em última instância uma reforma de imigração exaustiva”, afirmou Obama num discurso durante a tradicional receção na Casa Branca para celebrar a festividade do 05 de maio.

“A nossa prosperidade, a nossa segurança, exigem uma reforma exaustiva da imigração”, sublinhou o Presidente, no dia em que se celebra a vitória, em 1862, da Armada mexicana sobre o corpo expedicionário francês na batalha de Puebla.

Por esse motivo, acrescentou, “tomei medidas no passado outono, dentro da autoridade legal, para fazer com que o nosso sistema de imigração seja mais equitativo, apto e justo”.

No passado dia 20 de novembro, Barack Obama emitiu uma ação executiva para legalizar a situação de cinco milhões de indocumentados.

No entanto, antes de entrar em vigor em 2015, a medida foi suspensa temporariamente por um juiz federal, em fevereiro, devido a uma petição movida por uma coligação de estados liderados pelo Texas.