O Produto Interno Bruto (PIB) norte-americano recuou 0,7% no primeiro trimestre de 2015, penalizado por um inverno rigoroso e pela valorização do dólar, indicam dados divulgados esta sexta-feira pelo Departamento do Comércio.

Esta é a primeira contração da atividade económica norte-americana desde há um ano e reflete uma nítida deterioração em relação ao crescimento de 2,2% registado no trimestre anterior.

Uma primeira estimativa divulgada em finais de abril apontava para um crescimento a um ritmo anual de 0,2% entre janeiro e março deste ano, dados que agora foram corrigidos.

Os economistas consultados pela Bloomberg já previam uma contração da economia, que sofreu, também, com atrasos em alguns portos. Em média, os economistas previam um recuo de 0,9% do PIB no primeiro trimestre.

“Muita da fraqueza ficou contida neste primeiro trimestre”, diz à Bloomberg Gennadiy Goldberg, da corretora TD Securities”. O economista está confiante de que possa haver uma recuperação razoável no segundo trimestre”.