Desde que fez o primeiro filme de ficção, em 2011, Angelina Jolie soube de imediato que queria apostar na realização ficcional. Disse-o na altura e cumpre-o agora.

Depois de “Na Terra de Sangue e Mel“, a mulher de Brad Pitt lança agora (está em fase de pós-produção) “By The Sea“, que ainda não tem título em português, e põe o casal da vida real, Angelina e Brad, a contracenar no grande ecrã como marido e mulher.

A novidade é que o casal que é visto como modelo perfeito na opinião pública, vai enfrentar a crise do casamento na ficção.

“By the Sea” é escrito e realizado por Jolie. A produção também é sua, mas com a participação de Brad Pitt. O filme conta a história de um casal em crise. Pitt interpreta o marido, Rolland, que é casado com Vanessa, personagem de Jolie. Com o casamento a rasgar-se, partem para uma pequena cidade francesa na tentativa de resolver os problemas conjugais.

Está-se nos anos 70. Em França, Vanessa e Rolland conhecem Lea (Mélanie Laurent) e François (Melvin Poupaud), recém-casados e esperançados, e Michael (Niels Arestrup) e Patrice (Richard Bohringer), que ali vivem.

Christian Berger (que fez também, “O Laço Branco” de Michael Haneke) é o diretor de fotografia e Jon Hutman (que trabalhou com Angelina Jolie em “Invencível” é o guionista.

Em Portugal o filme deverá chegar no último trimestre do ano, mas a Universal Pictures ainda não revelou as datas oficiais.