Leonel Messi, o número 10 do Barcelona, ganhou o prémio da UEFA de melhor jogador da Liga dos Campeões, ultrapassando Cristiano Ronaldo, que venceu no ano passado, e o seu companheiro de equipa, o avançado Luís Suarez.

Em cinco anos de existência do troféu, esta é a segunda vez que o argentino é consagrado o melhor jogador a atuar na Europa. Crucial no triplete do Barcelona (Liga dos Campeões, Liga Espanhola e Taça do Rei), Messi marcou 62 golos, 58 pelo Barcelona e quatro pela seleção albiceleste.

Messi também ultrapassou Ronaldo no melhor golo do ano. Com 39% dos votos, o tento apontado na primeira mão da semi-final frente ao Bayern de Munique, numa jogada em que o argentino deixou Boateng no chão e fez um chapéu a Manuel Neuer.

Já na segunda mão da mesma eliminatória, frente ao Bayern de Munique, o guardião do Barcelona, Marc-Andre Ter Stegen, fez a melhor defesa da competição (que consta no vídeo abaixo entre os segundos 0:38 e 0:47).

https://youtu.be/NDEqvLNgvTk?t=38s

Com a carreira terminada em julho, Célia Sasic, média do FFC Frankfurt, o clube campeão europeu de futebol feminino, ganhou o prémio de melhor jogadora da europa. A ex-jogadora alemã de 27 anos foi a melhor marcadora do mundial.