Com um tempo de inscrição de 3.37,75 minutos, Hélio Gomes tinha uma das piores marcas entre os participantes, e durante a prova nunca chegou a estar no pelotão da frente, tendo mesmo terminado em penúltimo da sua série – a terceira – com 3.46,32 minutos.

O atleta natural de Barroselas, de 30 anos, ficou a quase sete segundos do chileno Carlos Díaz (3:39,75), que fechou o lote de atletas qualificados na terceira eliminatória, e a três segundos do último qualificado da geral, o sul-africano Johan Cronje (3:43,29). Hélio Gomes tem um recorde pessoal de 3:37,50 minutos.

Os melhores resultados da qualificação foram alcançados pelo queniano Silas Kiplagat (3:38,13), o marroquino Abdalaati Iguider (3:38,14) e o neozelandês Nicholas Willis (3:38,27).

Hoje, há mais um português em competição: Nelson Évora, que foi campeão olímpico no triplo salto em 2008, nos Jogos de Pequim, disputa a final do triplo salto às 19h10 locais (12h10 em Lisboa).

Dezasseis atletas portugueses participam nos Mundiais de Atletismo que decorrem até 30 de agosto no Ninho do Pássaro, o estádio que acolheu os Jogos Olímpicos Pequim2008.