Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Já imaginou entrar em casa através de uma rampa? É esta a principal proposta de vários designers de Sydney, segundo a revista Fast Company. Os arquitetos analisaram a forma como se poderia construir uma rede de vias e rampas, que dessem acesso direto aos moradores. Os ciclistas poderiam utilizar um elevador até ao seu andar e, quando pretendessem sair, desceriam diretamente por uma rampa até à ciclovia.

Deste modo, as ciclovias seriam desenhadas de forma a protegerem os ciclistas da chuva, frio e neve, tal como os restantes automobilistas.

De acordo com Steven Fleming, professor de desenho urbano, “uma cidade deve ser a infraestrutura para o ciclismo”, destacando a importância da circulação de bicicletas como forma de reduzir a poluição e o congestionamento de trânsito registado nas grandes cidades. Para o docente, no futuro, os projetos de arquitetura poderiam criar condições para armazenar a bicicleta no armário da cozinha dos moradores.

Além da construção de rampas, está também prevista a incorporação de um centro de distribuição, localizado na parte inferior do “prédio-bicicleta”, para facilitar as entregas ao domicílio, de pizzas ou livros.

Neste momento, o académico aguarda a aprovação deste inovador sistema de circulação por parte das cidades vizinhas. Os testes aos primeiros projetos já passaram do mundo virtual para a realidade e preveem respeitar os códigos de construção mais complexos do mundo da arquitetura.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR