Nas televisões, não faltam reality shows sobre chefs consagrados e cozinheiros amadores com sonhos de grandeza. Mas, nos cinemas, desvendam-se histórias de gurus culinários em busca de redenção e de ratos com mão para os tachos. A ligação entre filmes e cozinha perdura. Aqui ficam algumas propostas recentes para marcar na agenda.

À Procura de uma Estrela“, com Bradley Cooper e Sienna Miller

Hollywood rendeu-se ao Cinema Culinário. A partir de hoje, Bradley Cooper estará “À Procura de uma Estrela”, numa interpretação que já alimenta rumores de mais uma nomeação ao Óscar de Melhor Actor que poderá estar a caminho.

Esta é a história de Adam Jones, um chef caído em desgraça a nível pessoal. O título original, “Burnt” (queimado), diz muito sobre o estado de espírito em que o protagonista mergulha. Entre tachos e panelas, Cooper dá vida a um cozinheiro com duas estrelas Michelin no currículo e muitos demónios pessoais.

Para se livrar da fama de enfant terrible, Jones sente que só uma terceira distinção poderá ajudá-lo a recuperar a reputação perdida. Nesta busca, dentro e fora da cozinha, é acompanhado por um elenco de luxo: Sienna Miller, Omar Sy, Emma Thompson e Matthew Rhys, entre outros.

“O Chef” (2014), de Jon Fraveau

No ano passado, um outro chef com problemas também apareceu nos cinemas. O filme de Jon Favreau começa com a perda de um restaurante, depois de uma discussão acesa entre o cozinheiro e um crítico gastronómico.

Sobre as rodas de uma carrinha de comida, acompanhamos o novo negócio móvel de Carl Casper, interpretado por Favreu, e o famoso grupo de pessoas que vai conhecendo. Entre os clientes deste food truck estão Robert Downey Jr, Scarlett Johansson e Dustin Hoffman.

A Viagem dos Cem Passos” (2014), com Helen Mirren e Om Puri

Para fecharmos a ementa, apresentamos dame Helen Mirren em modo gourmet. Neste filme, a cozinha de fusão atravessa, literalmente, a rua. Muito para lá dos pratos, está a história de dois restaurantes vizinhos (um francês, outro indiano) e das relações que se estabelecem entre cozinheiros e clientes.

A rivalidade entre os chefs de cada estabelecimento, Madame Mallory (Mirren) e Papa Kadam só apimenta o enredo.

Uma nota final para os gostos apurados dos cinéfilos. Um dos mais prestigiados festivais de cinema, o Berlinale, tem mesmo uma secção inteiramente dedicada ao tema, numa parceria com o movimento internacional Slow Food. Assim, anualmente, Berlim recebe mais de uma dezena de obras que se enquadram no Cinema Culinário. Já escolheu o que vai provar?