Educação

Alunos do 1.º ano do ensino básico não vão pagar manuais escolares

1.427

A medida vai entrar em vigor no ano lectivo de 2016/2017. O investimento do Estado será de três milhões de euros. Cerca de 100 mil crianças vão ser beneficiadas.

Vítor Rios/Global Imagens

O Governo deu luz verde à proposta de alteração ao Orçamento do Estado apresentada pelo PCP. Quer isto dizer que os manuais escolares para o 1.º ano do ensino básico vão passar a ser gratuitos para todos os alunos já no próximo ano letivo. A medida irá custar três milhões de euros e abrangerá perto de 100 mil crianças.

O Ministério da Educação confirmou à Lusa a distribuição gratuita de manuais escolares: “O ano letivo 2016/2017 será o ano zero desta medida”. Por ora, apenas os manuais escolares vão ser gratuitos, mas o ministério da Educação prevê alargar a medida igualmente aos cadernos de atividades. Até final da legislatura, o Governo propõe-se a alargar a gratuitidade dos manuais escolares a todos os ciclos de ensino. “Com vista à efetivação deste modelo em todos os ciclos de ensino, será constituído um grupo de trabalho, do qual decorrerá um plano plurianual de implementação do modelo de gratuitidade na aquisição e reutilização de manuais escolares e recursos didáticos”, adiantou o Ministério da Educação

Tendo os manuais escolares no ensino básico uma duração de quatro anos, a intenção do ministério da Educação é distribuí-los pelos alunos, sendo estes devolvidos aos bancos de livros do Estado no final do ano letivo, e sucessivamente restituídos (usados) nos três anos subsequentes.

Durante a discussão na especialidade do OE para 2016 na Assembleia da República, o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues reafirmou que o ministério está a negociar com as editoras uma “progressiva redução” do preço dos manuais escolares, visando, de forma faseada, chegar à sua gratuitidade.

A secretária de Estado Adjunta e da Educação, Alexandra Leitão, lembrou na mesma altura que o OE para 2016 prevê um reforço de 9,4% para manuais escolares destinados a alunos carenciados (beneficiários da Ação Social Escolar). Recordando que a última negociação da convenção que determina o custo dos manuais escolares determinou um aumento de 2,6%, disse que “está a decorrer uma negociação complexa” e que o aumento de preços “seguramente não vai acontecer”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Educação

Escola Pública serve para formar bons republicanos

José Maria Seabra Duque
135

A liberdade de educação, com mais autonomia para as escolas, mais liberdade de escolha para os pais, mais envolvimento das comunidades locais, é a luta pelo direito constitucional a educar os filhos.

Educação

Brincar à autonomia das escolas

José Manuel Silva

Como é hábito, nada é avaliado, legisla-se, passam-se competências instrumentais e logísticas para as autarquias, mas não se realizam os estudos de impacto de tais medidas. O legislador é omnisciente.

PCP

A História os absorverá /premium

José Diogo Quintela
2.259

Termos partidos leninistas e trotskistas a conviver com pessoas comuns é um luxo para o cidadão português interessado em História. É como um paleontólogo ter um Brontossauro de estimação no quintal.

China

Vamos mesmo ignorar isto? /premium

Sebastião Bugalho

A Europa assumiu pela primeira vez que o expansionismo da China representa uma ameaça para o continente e os jornais portugueses, que tão competentemente cobriram a visita de Xi, não fazem perguntas?

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)