A secretária-geral adjunta do PS, Ana Catarina Mendes, lidera a delegação dos socialistas que estará presente no domingo, em Espinho, na sessão de encerramento do 36.º Congresso Nacional do PS.

Com a formação do Governo socialista e a posse de António Costa como primeiro-ministro, Ana Catarina Mendes foi eleita para exercer as funções do novo cargo de secretária-geral adjunta, sendo na prática a “número dois” da direção deste partido, cabendo-lhe a coordenação da Comissão Permanente.

Entre hoje e domingo, no 36.º Congresso do PSD, em Espinho, os sociais-democratas vão eleger os novos órgãos nacionais – Mesa do Congresso, Conselho Nacional, Conselho de Jurisdição Nacional e Comissão Política Nacional – e aprovar a moção de estratégia global do líder, Pedro Passos Coelho, para os próximos dois anos, intitulada “Compromisso Reformista”.

A sessão de encerramento do Congresso do PSD, no domingo, está marcada para as 13h00.