Se Guimarães foi só o começo, Évora confirmou a grandeza do espetáculo concebido para a promoção do álbum Moura, o sexto na carreira da fadista. A ideia de metamorfose continua, com um novo elemento a juntar-se ao cenário. Além da alusão ao casulo foi agora incorporada uma borboleta, com os contornos definidos por leds, parecendo flutuar sobre o palco. No que toca à atuação o alinhamento manteve o foco nas músicas novas, abrindo com o belíssimo “Moura Encantada” que pode conferir aqui no vídeo das três primeiras canções. Entre o público, um mais afoito aproveitou logo os primeiros agradecimentos para se dirigir à cantora, dizendo que gostaria muito de tocar com ela. Igual a si mesma Ana Moura devolveu com um sorriso: “temos de ensaiar isso”. E seguiu a cantar.

Com alguns temas de fado tradicional à mistura, destacou-se o regresso a uma fórmula de improviso conhecida da anterior digressão de promoção do álbum “Desfado”. Uma composição partilhada pelo ensemble em palco, enquanto a artista faz uma pausa, permitindo evidenciar ainda mais o virtuosismo de cada músico, a solo e à vez, no seu instrumento. Este é um espetáculo que não vive apenas das qualidades vocais de Ana Moura. Antes vale pela elevada coerência do conjunto, notável também pelo companheirismo que exibem quando o espetáculo termina e todos se divertem em breves improvisos no palco, interagindo com o público. Veja agora como foi o encore, entre o intenso “Loucura” e o festivo “Desfado”.

Quando chegámos, a meio da tarde, ficámos apreensivos com a dinâmica sonora da arena eborense. Estava a começar o sound-check e notava-se bem como pode ser difícil afinar o som neste tipo de sala. O formato redondo e fechado cria condições ideais para que haja uma reflexão permanente das ondas sonoras, tornando mais difícil estabelecer padrões de equalização. E perante um salão vazio o resultado é ainda pior. Um desafio para João Bessa, o técnico responsável pelo som de frente (F.O.H. – Front Of House Sound Engineer) nos espetáculos da digressão de Ana Moura.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.