A deadline está a aproximar-se: as candidaturas para o concurso de empreendedorismo BIG smart cities encerram esta quarta-feira, 4 de maio. Trata-se de uma plataforma de lançamento de novas ideias de negócio tecnológicas e a edição deste ano procura projetos que melhorem a vida de quem vive, visita ou trabalha nas cidades. O prémio final é de 10 mil euros, com direito a espaço na incubadora de empresas Vodafone Power Lab por seis meses.

A iniciativa é promovida pela Vodafone e pela Ericsson e, para já, o júri selecionará algumas das ideias submetidas entre 6 e 11 de maio, convocando entrevistas com os interessados nos dias 12 e 13. As candidaturas podem ser feitas no site da iniciativa (botão Apply) e, em jogo estarão fatores como o potencial de crescimento da ideia, o modelo de negócio escolhido, o valor que o projeto terá para o país e até a própria equipa.

No total passam 20 equipas à fase seguinte, mas quatro ideias já foram escolhidas pela organização nos desafios regionais que decorreram no Porto, em Évora, em Coimbra e em Lisboa ao longo do mês de abril. As quatro equipas escolhidas nas provas regionais — e que, por isso, já venceram um prémio de 500 euros — foram as seguintes:

  • Noxidity (Lisboa): Projeto para instalar sensores que detetem a oxidação de materiais, permitindo a poupança em programas de manutenção relacionados com a corrosão de ligas metálicas.
  • City Check (Évora): Projeto para desenvolver uma aplicação que permita explorar uma cidade através de desafios (perguntas e enigmas, por exemplo).
  • E-Energy (Coimbra): Projeto para desenvolver um adaptador que transforme qualquer ficha elétrica num ponto de carregamento de veículos elétricos.
  • Night Out (Porto): Projeto para desenvolver uma aplicação que permita partilhar, em tempo real, o ambiente dos vários locais onde se pode sair à noite.