Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Depois de ter feito carreira na rival Pirelli, onde chegou a CEO e chairman para a América do Norte, e depois para a América Latina, Paolo Ferrari vai agora liderar, na Bridgestone, a unidade de negócios na Europa, Médio Oriente e África (EMEA), com sede em Zavatem, na Bélgica. Italiano mas um percurso profissional feito principalmente nos Estados Unidos, Paolo Ferrari é formado em Gestão e Economia pela Universidade de Bocconi, tendo realizado um MBA na Steam School of Business na Universidade de Nova Iorque.

Vai iniciar as novas funções a 19 de Setembro, sucedendo a Franco Annunziato que é, desde Janeiro, presidente executivo e CEO da Bridgestone na China e Região Ásia-Pacífico.

Para o CEO interino da Bridgestone EMEA, Eduardo Minardi, a vinda do novo responsável vai trazer uma nova “visão ligada à inovação, à performance e ao ‘engagement’, respeitando ao mesmo tempo, os valores centrais da Bridgestone”. Minardi destaca a capacidade evidenciada por Ferrari , “durante toda a sua carreira”, para “criar um crescimento rentável em diversas indústrias e geografias, enquanto contribui para rentabilizar a performance das suas equipas”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR